Cassilândia, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

16/04/2008 09:01

Álcool: 17% da população adulta admite consumo excessivo

Agência do Rádio

De acordo com a Organização Mundial da Saúde, o uso abusivo de álcool é o principal fator de risco para doenças crônicas não-transmissíveis. Em pesquisa com 54 mil entrevistados nas 27 capitais do País, o Ministério da Saúde constatou que 17% da população adulta havia consumido álcool em excesso, pelo menos uma vez, nos 30 dias imediatamente anteriores à entrevista. O consumo de mais de 5 doses é considerado excessivo para os homens. Para as mulheres, mais de 4 doses já é um exagero. A coordenadora geral do Departamento de Análise da Situação da Saúde, Déborah Malta, cita alguns os malefícios que o abuso na ingestão de álcool pode causar.

"O consumo excessivo de bebidas alcoólicas é muito importante na produção de doenças cardiovasculares, de neoplasias, além de causar também, a sua dependência, um absenteísmo maior ao trabalho, um risco maior também de envolver-se também em depressão, em suicídios, além também do uso abusivo predispor a maior taxas de acidente de trânsito, acidentes de trânsito e violências".

Segundo Déborah Malta, o uso abusivo de álcool foi maior entre os homens do que entre as mulheres. Cerca de 27% dos homens entrevistados beberam em excesso no último mês. Entre as mulheres, foram pouco menos de 10%. O consumo moderado e eventual de bebidas alcoólicas não está diretamente ligado a nenhum tipo de doença.

De Brasília, Marcelo Brito

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
06:50
Loterias
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)