Cassilândia, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

25/06/2009 13:49

Alcides Silva: Língua portuguesa, inculta e bela!

Alcides Silva

Palavras viajoras

Na origem, a palavra surgiu da necessidade designativa de coisas ou de um sentimento de alma e de indicá-lo naquilo que lhe era muito próprio. Como para diferenciar o ‘isto’ do ‘isso’ ou do ‘aquilo’, por exemplo. Evoluíram, porém, algumas vezes mudando de significação oposta e, quase sempre, para pior.
Bárbaro, inicialmente povo do norte da Europa que invadiu parte do Império Romano; para os povos helenos, era o estrangeiro, o adventício, o que viera de fora. Nada a ver com o cruel, o desumano, o rude, o selvagem ou o criminoso de guerra, como o ex-presidente norte-americano George W. Bush, suas guerras e seus presídios de Abu Ghraib, no Iraque, e de Guatânamo, em Cuba. No Brasil, essa palavra possui ainda o sentido de "muito bom, excelente". Muita gente de mais de 40 anos continua usando essa palavra com esse sentido muito comum na época da Jovem Guarda.
Bordel no antigamente, significava cabana, choça, barraca, casa de tábuas, asilo, coisa provisória, lugar onde se abrigavam os desprotegidos, os desinfelizes e os que sofriam de mágoas de amor.
Cretino No latim vulgar, língua do povo, o qualificativo christianus teve um conceito depreciativo de escravo, ser de espírito simples, merecedor de compaixão. No gaulês, falar primitivo do povo de França, crétin (alteração de chrétien>cristão) era o habitante dos Alpes, seguidor da nova crença. Talvez em razão da altitude das montanhas onde habitavam, da alimentação e da água que bebiam, que lhes teriam causado problemas com a absorção e fixação do iodo, os alpinos padeciam de bócio, eram ‘papudos’ e. em razão desse estado patológico, tidos como pessoas idiotas, estúpidas, imbecis, embrutecidas. E, por extensão, nos dias de agora, o insolente, o atrevido, o inconveniente.
Déspota nasceu na Grécia (despótes) e no conceito original era o dono da casa, o chefe da família, o patrão, o amo. No alvorecer de nossa civilização, o senhor possuía direito sobre a vida e a morte dos que eram subordinados (jus vitae necisque). Era comum o abuso. Daí, a palavra passou a ter o significado de tirano, opressor, aquele que exerce do modo absoluto e arbitrário um determinado poder.
Estafa ingressou no vocabulário português através do italiano staffa (= estribo), que por sua vez foi buscado no alemão stapho (= pedal). Staffare indicava na língua italiana perder o estribo e, por metonímia, cair do cavalo e completar o caminho a pé, isto é, com extremo cansaço.
Estigma, de origem grega (stígma, stigmatos), inicialmente designava somente a marca deixada por uma picada; depois, a cicatriz deixada pela marcação com ferros em brasa indicando a propriedade de escravos ou a ignomínia de criminosos. A tatuagem, as marcas que piedosos faziam no corpo, representando as cinco chagas de Cristo. Hoje, a palavra tem a acepção de desonra, labéu.
Grotesco tem tudo a ver com gruta. De origem italiana (grotta>grottesco), a palavra era empregada para referir-se “à beleza das figuras caprichosas e artísticas que foram as estalactites e as estalagmites”, como explica Roberto Vilches Acuña em “Semántica Española” (Editorial Lapelusz, Bueno Aires, 1954, p. 24). Houaiss informa que a voz grottesca na Itália, designava a decoração de paredes. Surgiu na Itália em meados do século XV inspirada nas pinturas da Domus Aurea de Nero, cujas ruínas soterradas foram descobertas no início daquele século. Outra derivação, ainda segundo Houaiss, seria de grotte 'designção. renascentista dos restos das termas de Tito e Trajano, em Roma'. Grotesco, aquilo que um dia expressava ‘coisa linda’, hoje é o ridículo, o burlesco, o caricato, o desajeitado.
Sanção, do latim sanctione, ‘ato de tornar santo, respeitado’, hoje pode significar ‘aprovação’ (a sanção que o Chefe do Executivo dá a uma lei), como também ‘castigo, punição’ (as penas impostas aos que desrespeitam uma lei, por exemplo).

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)