Cassilândia, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

21/11/2007 07:16

Ajudante de pedreiro condenado a 13 anos

TJGO

Em sessão presidida hoje (20) pela juíza Carmecy Rosa Maria Alves de Oliveira, da 13ª Vara Criminal de Goiânia, o 1º Tribunal do Júri condenou o ajudante de pedreiro Luzivan Alves Marques, de 37 anos, a 13 anos de reclusão em regime inicialmente fechado, a ser cumprido na Penitênciária Odenir Guimarães, antigo Cepaigo. Ele foi acusado de matar com uma facada o pedreiro Gilson Henrique da Silva, então com 41 anos, por volta das 19h30 de 5 de novembro do ano passado, em um bar situado na Rua GV-14, no bairro Goiânia Viva. Luzivan negou a responsabilidade pelo crime, alegando que estava no local bebendo quando todas as outras pessoas saíram correndo, deixando-o sozinho.

Os jurados reconheceram a qualificadora do motivo torpe – circunstância que pode aumentar a pena – pleiteada pelo Ministério. Ao dosar a pena, a juíza considerou, entre outras circunstâncias previstas no artigo 59 do Código Penal, que o acusado demonstra conduta social e personalidade preocupantes em razão de ser reincidente (possui três registros na folha de antecedentes criminais e uma condenação) e que os autos não demonstram que a vítima tenha contribuído para o desfecho. Desta forma, Luzivan, que se encontra preso desde o fato, permanecerá recolhido até o trânsito em julgado da sentença (quando não cabe mais recurso). (Sheila Cavalcante)

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)