Cassilândia, Sexta-feira, 02 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

12/08/2007 08:37

Ainda há chamas no Paulistão, 12h após início do fogo

Fernanda Mathias e Adriany Vital/Campo Grande News

Já passam de 12 horas de trabalho do Corpo de Bombeiros e o prédio do Paulistão, na rua Rui Barbosa, em Campo Grande, ainda tem chamas. Neste momento cerca de 15 bombeiros fazem o rescaldo do incêndio para evitar que o fogo se reinicie, trabalho que só deve ser concluído no fim da manhã

Proprietários do estabelecimento estão no local, mas ainda não informam sobre o prejuízo provocado pelo incêndio. Não havia seguro na loja, onde eram vendidos brinquedos, artigos para festas e fantasias. Os bombeiros gastaram 240 mil litros da água para debelar as chamas e 50 homens chegaram a ser envolvidos no trabalho.

O prédio tem três edificações. Paredes uma delas já caíram e o andar de cima do prédio de número 2345 está completamente comprometido e ameaça desabar a qualquer momento. Um prédio ao lado teve as paredes chamuscadas e vidros quebrados devido ao calor do fogo, mas o incêndio não chegou a atingir nenhum prédio vizinho.

Dez estabelecimentos foram evacuados, por orientação do Corpo de Bombeiros, para evitar que o fogo saísse do Paulistão. Não houve feridos.

Falta de estrutura – Embora os bombeiros tenham concentrado todos os esforços no combate ao incêndio, a falta de estrutura foi um limitante para os trabalhos dos militares. O major Aparecido Xavier, que comanda os trabalhos do Corpo de Bombeiros no combate ao incêndio, disse que se houvesse uma escada de elevação, a chamada magirus, seria mais fácil combater as chamas no andar de cima do prédio.

Além disso, destacou a necessidade de mais caminhões-pipa. A Águas Guariroba enviou dois ao local. Outro bombeiro afirmou que uma dificuldade é a falta de hidrantes com boa vazão na região central. O mais próximo do local está, segundo ele, na Rua Antônio Maria Coelho, cruzamento com a Ernesto Geisel. É classificada como boa vazão aquela que permite que o caminhão de combate seja enchido em 3 a 8 minutos. As causas do incêndio ainda são investigadas.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
Quinta, 01 de Dezembro de 2016
11:00
Mundo Fitness
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)