Cassilândia, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

06/12/2004 14:32

Agronegócio terá expansão menor este ano e em 2005

Acrissul

O agronegócio crescerá em 2004 em um ritmo menor do que o verificado no ano passado e não deve melhorar em 2005. Estudo feito pela Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e pelo Centro de Estudos Avançados em Economia da Universidade de São Paulo (USP) indica que o Produto Interno Bruto (PIB) do setor crescerá este ano 3,2% - menos da metade da taxa de expansão registrada em 2003, que foi de 6,6%. Em termos comerciais, a expectativa é a de que o setor acumule no ano um superávit de US$ 30 bilhões.

O cenário traçado para 2005 não indica melhora. "O crescimento será bastante modesto porque os custos de produção ficaram num patamar elevado nesta safra e os preços internacionais devem continuar caindo", previu o chefe do Departamento Econômico da CNA, Getúlio Pernambuco.

A queda no ritmo de crescimento do PIB do agronegócio irá reduzir a participação do setor no conjunto global de riquezas produzidas no País. "Em 2003, respondemos por 31% do PIB nacional e devemos cair este ano abaixo de 30%", disse o chefe do Departamento de Comércio Exterior da CNA, Antônio Donizeti Beraldo. Essa redução no peso do setor agrícola dentro do PIB do País não comprometerá a taxa total de expansão da economia, graças à melhora do desempenho de outros setores. "A dinâmica da indústria e do comércio este ano estão bem melhores", lembrou.

Apesar da desaceleração, os técnicos que analisaram o estudo reconhecem que, ainda assim, o comportamento do agronegócio em 2004 é positivo e lembram que a redução já era esperada. "Nos últimos quatro anos tivemos taxas de crescimento chinesas, da ordem de 10%, e como todo ciclo econômico há um momento de baixa do ritmo de expansão", ponderou Beraldo. A grande preocupação dos técnicos é estimar qual será a duração deste período de queda no ritmo de geração de riquezas.

Isso porque os fatores que levaram à retração em 2004 deverão se repetir em 2005. A elevação nos custos dos insumos, por exemplo, já foi incorporada no início à safra 2004/2005.

Fonte: Gazeta Digital

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)