Cassilândia, Domingo, 12 de Julho de 2020

Últimas Notícias

09/04/2006 07:25

Agricultura aprova proibição de venda casada de seguro

Agência Câmara

A Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural aprovou na quarta-feira (5) o Projeto de Lei 6216/05, do deputado licenciado Lino Rossi (PP-MT), que proíbe as instituições financeiras de condicionar a concessão de financiamento para a aquisição de equipamento agrícola à contratação de seguros.
O texto excetua dessa vedação os casos em que o adquirente não satisfizer nenhuma garantia legalmente exigível para a concessão do financiamento.
O relator, deputado Xico Graziano (PSDB-SP), ressalta que essa proibição tem por objetivo coibir, de forma explícita e peremptória, uma prática ilícita e lesiva aos interesses do produtor rural e, por conseguinte, do conjunto da agricultura brasileira.

Inaceitável
Para Graziano, é inaceitável que certas instituições financeiras, muitas das quais também atuam no ramo de seguros, procedam à "venda casada" de diversos serviços ou produtos: o crédito rural, pelo qual percebem juros; seguro de vida e seguro contra dano, roubo ou furto do bem financiado.
Ao fazê-lo, segundo o deputado, tais instituições ferem a Lei 8137/90 (sobre os crimes contra a ordem tributária, econômica e contra as relações de consumo), que tipifica essa prática como criminosa.
O parlamentar apresentou duas emendas. Uma permite que o banco vincule o financiamento do crédito rural à aquisição de seguro contra dano, roubo ou furto nos casos em que os bens financiados constituam garantia da operação. A outra diz que, nesse caso, o mutuário terá o direito de escolher livremente a empresa seguradora.

Tramitação
O projeto tramita em caráter conclusivo e ainda será analisado pelas comissões de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.



Reportagem - Newton Araújo Jr.
Edição – Wilson Silveira

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 12 de Julho de 2020
Sábado, 11 de Julho de 2020
09:00
Santo do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)