Cassilândia, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

10/01/2014 12:56

Agredida por cinco anos, mulher morre após marido lhe tacar pedra

Campo Grande News

Vítima de violência doméstica há pelo menos cinco anos, Laida Andréia Samulha Romualdo, 35 anos, morreu por volta das 19h15 de ontem (9), na Santa Casa, em Campo Grande. Ela foi ferida a pedradas no dia 31 de dezembro pelo ex-marido, Anderson César Firmino, 24 anos.

De acordo com a Polícia Civil, a vítima morou com Anderson em uma casa no bairro Lageado e sofria violência doméstica desde 2008.

Por conta das agressões, a mulher se separou do marido e foi morar com os filhos em uma casa no Conjunto Pedro Teruel, na saída para Sidrolândia. No final do mês passado, a mãe do agressor deu uma quantia em dinheiro para Laida comprar presentes para as crianças.

Inconformado com a situação, Anderson foi até a casa de Laida pedir o dinheiro de volta, no entanto, a ex-mulher disse que não devolveria porque já havia comprado os presentes para os filhos. Após isso, Anderson começou a atirar pedras na ex-mulher.

Laida foi ferida nos braços e abdomên. No dia da agressão, ela não procurou atendimento médico, mas depois começou a piorar por conta dos ferimentos e foi internada na Santa Casa às 16h50 do dia 4 de janeiro, onde morreu ontem.

O caso foi registrado nesta sexta-feira (10), como violência doméstica, seguida de homicídio doloso. Anderson possui extensa ficha criminal, incluindo porte ilegal de arma de fogo.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)