Cassilândia, Quarta-feira, 20 de Novembro de 2019

Últimas Notícias

30/10/2019 11:40

Agravado pelo tempo seco e ventos fortes, fogo devastou 80 mil hectares

Campo Grande News

 

Agravados pelo tempo seco e os ventos fortes os incêndios na região entre Corumbá e Miranda, devastaram cerca de 80 mil hectares de vegetação entre domingo (27) e esta quarta-feira (29), conforme a Defesa Civil de Mato Grosso do Sul.

Amanhã (29) uma equipe do Corpo de Bombeiros e o comandante da Defesa Civil estadual, o tenente-coronel Fábio Catarinelli, vai sobrevoar novamente a região para avaliar os estragos e a necessidade do envio de mais pessoal e recursos para o combate às chamas.

Além de militares, brigadistas do Prevfogo e funcionários de fazendas da região ajudam no trabalho de rescaldo. Um avião do Corpo de Bombeiros e helicóptero do governo do Estado também reforçam o trabalho pelos ares.

A região é de difícil acesso e até mesmo cabos de fibra ótica teriam sido danificados pelo fogo, comprometendo a comunicação com as equipes. Devido ao incêndio a BR-262, na altura do km 657, teve de ser fechada por volta das 21h de ontem (28). Reflexo da ação dos ventos na região que alastram o fogo a todo o momento.

“Outra grande preocupação é quanto às condições climáticas. Além das altas temperaturas a vegetação está muito seca e como vento muito na região, principalmente no período da manha o fogo se propaga com maior velocidade”, comenta o tenente-coronel.

Os militares tentam impedir que o fogo chegue novamente a pista, pois a falta de visibilidade aumenta o risco de acidentes. Outro agravante é o prejuízo ambiental. Os focos estão concentrados próximo ao Passo do Lontra, território rico em fauna e flora em plena região pantaneira.

Focos

As equipes de combate ao fogo e própria polícia, não descartam a possibilidades a possibilidade dos incêndios serem criminosos. Polícias rodoviários federais têm feito rondas no intuito de flagrar os autores das queimadas e acionado o Corpo de Bombeiros para combater o fogo. Uma base operacional com equipes dos bombeiros e Prevfogo foi montada na região de Miranda.

Corumbá já registrou 897 focos este mês e acumula 4,7 mil este ano, liderando o ranking nacional nos dois quesitos.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 20 de Novembro de 2019
10:00
Receita do Dia
09:00
Santo do Dia
06:04
Cassilândia/Barretos
Terça, 19 de Novembro de 2019
09:00
Santo do Dia
08:30
Cassilândia
Segunda, 18 de Novembro de 2019
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)