Cassilândia, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

29/01/2016 09:18

Agora são 32: governo reconhece emergência em mais sete municípios

Caroline Maldonado, Campo Grande News
Ruas ficaram alagadas na zona urbana de Aquidauana (Foto: Fernando Antunes)Ruas ficaram alagadas na zona urbana de Aquidauana (Foto: Fernando Antunes)

 

O Governo do Estado decretou nesta sexta-feira (29) situação de emergência para mais sete municípios prejudicados pelas chuvas. Entraram para a lista Vicentina, Miranda, Rio Verde de Mato Grosso, Fátima do Sul, Jateí, Aquidauana e Batayporã. Com isso, a lista tem ao todo 32 municípios que fazem obras de reparo ou aguardam recursos.

Nessas cidades, os danos ainda estão sendo contabilizados e as administrações precisam de mais pessoal para o trabalho. Conforme a decisão publicada hoje no DOE (Diário Oficial da União), os contratos para aquisição de bens, prestação de serviço e obras para reparar os estragos não precisarão de licitação.

Os trabalhos realizados sem licitação devem ser concluídos no prazo máximo de 180 dias consecutivos e ininterruptos, a partir de hoje. Os municípios afetados pelas chuvas que estão no decreto de hoje têm a economia baseada na agropecuária, o que agravou a situação, pois ficaram comprometidos o manejo da terra e de animais, o escoamento de safra, a comercialização de leite e o abate de bovinos, entre outros.

Até agora, a União reconheceu situação de emergência em 17 cidades que estão nos dois primeiros decretos do Governo do Estado. Ontem (28), o Estado decretou emergência para Jardim, Guia Lopes da Laguna, Taquarussu, Nioaque, Ivinhema, Caracol e Dois Irmãos do Buriti. No mesmo dia, mais duas prefeituras, Nioaque e Rio Verde, fizeram o mesmo e hoje foi a vez de Anastácio, elevando para 34 o número de cidades que precisam de ajuda para reconstruir espaços e apoiar famílias.

Ao todo, mais de 90 pontes foram destruídas entre dezembro de 2015 e janeiro deste ano. O Governo do Estado já liberou R$ 29 milhões para os reparos em 30 cidades e pleiteia mais R$ 61 milhões da União.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)