Cassilândia, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

31/03/2007 06:21

Agora é oficial:Palmeiras é o 1º campeão Mundial da FIFA

Palmeiras

O Palmeiras foi confirmado oficialmente como Campeão Mundial de Clubes pela entidade máxima do futebol, a FIFA. Nada mais justo do que o Campeão do Século XX ter um de seus maiores títulos reconhecidos.

A Copa Rio de 1951 foi oficializada como o primeiro Campeonato Mundial de Clubes, que foi vencido pelo Palmeiras, em final disputada contra a Juventus, da Itália, no Maracanã. Na ocasião, o Verdão empatou o último jogo, em 2 a 2, sagrando-se campeão, pois havia vencido a primeira partida da final por 1 a 0.

Para toda nação palmeirense e para os brasileiros que viveram na época da Copa Rio de 1951, o Palmeiras já era considerado Campeão Mundial. Esta homologação veio confirmar a importância daquele torneio e homenagear os heróis da conquista.

A Sociedade Esportiva Palmeiras lavou a alma do povo brasileiro, que estava desiludido com o futebol e arrasado pela perda do mundial de 1950, para o Uruguai, em pleno Maracanã.

HERÓIS
- Fábio Crippa (goleiro)
- Oberdan Catani (goleiro)
- Juvenal (zagueiro)
- Salvador (zagueiro)
- José Sarno(zagueiro)
- Waldemar Fiume (zagueiro/meia)
- Dema (médio)
- Túlio (médio)
- Aquiles (meia-direita)
- Jair Rosa Pinto (meia-esquerda)
- Lima (meia)
- Luiz Villa (centro-médio)
- Ponce de León (meia/atacante)
- Richard (meia-direita)
- Canhotinho (ponta-esquerda)
- Rodrigues (ponta-esquerda)
- Liminha (atacante)
- Ventura Cambon (técnico)

A COMPETIÇÃO

Palmeiras e Vasco foram os representantes brasileiros na Copa Rio de 51. De fora, vieram as maiores forças do futebol mundial: Nacional, do Uruguai; Juventus, da Itália; Sporting, de Portugal; Estrela Vermelha, da ex-Iugoslávia; Áustria Viena, da Áustria; e Olimpique Nice, da França.

A competição foi dividida em dois grupos. Os jogos do grupo de São Paulo eram disputados no Pacaembu e os do Rio de Janeiro eram jogados no Maracanã.

Grupo de São Paulo: Palmeiras (Campeão Paulista de 1950 e do Torneio Rio-São Paulo de 1951); Juventus (Campeão Italiano da temporada 1949/50); Estrela Vermelha (Campeão Iugoslavo de 1951); e Olympique Nice (Campeão Francês da temporada 1950/51).

Grupo do Rio de Janeiro: Vasco da Gama (Campeão Carioca de 1950); Sporting (Campeão Português da temporada 1950/51); Áustria Viena (Campeão Austríaco da temporada 1949/50); e Nacional (Campeão Uruguaio de 1950 (Uruguai foi campeão da Copa de 1950).

O PALMEIRAS NA COPA RIO

1ª FASE

O Palmeiras estreou na Copa Rio, dia 30 de junho, contra o Nice, da França, e venceu por 3 a 0. O time comandado por Ventura Cambon não deu chance aos franceses, matando o jogo com gols de Aquiles (pênalti), aos 8’; Ponce de León, aos 11’; e Richard, aos 30’ do 2ºT.

Em 5 de julho, o Verdão derrotou o Estrela Vermelha, por 2 a 1. O Palmeiras saiu atrás no marcador após Ongzanov marcar, aos 8’ do 1ºT. O Alviverde empatou, aos 30’ 1ºT com Aquiles e virou com gol de Liminha, aos 35 do 2º T.

Para ficar em primeiro lugar no grupo, o Alviverde precisava vencer a Juve, que também tinha vencido os dois primeiros jogos. Mas a noite de 8 de julho não era mesmo do Palmeiras, que acabou derrotado por 4 a 0.

SEMIFINAL CONTRA A "MÁQUINA DE JOGAR FUTEBOL"

Com a derrota para a Juventus, o Palmeiras se classificou em segundo lugar do grupo de São Paulo. Por isso, iria enfrentar o primeiro colocado da chave do Rio de Janeiro, o Vasco da Gama.
A equipe carioca venceu os três jogos da primeira fase com certa facilidade. Essa supremacia vascaína fez o técnico da Áustria dizer que o time era uma “máquina de jogar futebol”.

O Palmeiras não se intimidou, vencendo o primeiro jogo da semifinal (11/07), por 2 a 1, em pleno Maracanã. Richard fez o primeiro do Verdão, aos 24’ do 1ºT; Maneca empatou para o Vasco, no primeiro minuto da etapa complementar; a vitória alviverde foi decretada com o gol de Liminha, aos 37’ do 2ºT.

No dia 15 de julho, o Palmeiras conseguiu uma vaga na final após empatar com o Vasco, na segunda partida semifinal.

FINAL COM GOSTO DE REVANCHE

A Juve chegou à final após de eliminar o Áustria Viena. Os italianos estavam confiantes, pois tinham goleado o Palmeiras na primeira fase. A disputa seria bastante difícil e os palmeirenses impuseram sua força na primeira partida (18/07).

O Palmeiras derrotou a Juventus, por 1 a 0, com gol de Rodrigues, aos 20’ do 1ºT. A vitória no primeiro jogo da final deu a vantagem do empate aos brasileiros.

CAMPEÃO DO MUNDO

Precisando da vitória a qualquer custo, os italianos foram pra cima, marcaram o primeiro aos 18’ do 1ºT, com Praest e acabaram a etapa inicial na frente. O Palmeiras voltou para o segundo tempo com muita disposição, empatando o jogo com Rodrigues, logo aos 2’.

A Juventus não se rendeu. Karl Hansen, aos 18’, colocou o time europeu novamente na frente. O gol do título palmeirense saiu dos pés de Liminha, aos 32’ do 2ºT.

Os mais de 100 mil torcedores presentes no Maracanã viram o primeiro Campeão Mundial de Clubes da história. No dia seguinte os jornais publicaram na primeira página a manchete: CAMPEÃO DO MUNDO.


FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 2 x 2 JUVENTUS-ITA

Palmeiras
Fábio, Salvador, Juvenal, Túlio, Luiz Villa, Dema, Lima, Ponce de León (Canhotinho), Liminha, Jair e Rodrigues
Técnico: Ventura Cambon

Juventus-ITA
Viola, Bertucelli, Manente, Mari Jacomo, Parola, Bizzoto, Muccinelli, Karl Hansen, Bonipertti, John Hansen, Praest
Técnico: Carver

Data: 22 de julho de 1951
Local: Estádio do Maracanã
Árbitro: Gaby Tordjman (França)
Público: 100.093
Gols: Praest, aos 18 min do primeiro tempo; Rodrigues, aos 2 min; Karl Hansen, aos 18 min; e Liminha, aos 32 min do segundo tempo

Texto e pesquisa - Caio Girardi

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)