Cassilândia, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

15/02/2005 14:07

Agepen realiza pente fino no Presídio de Paranaíba

Dourados News

A Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen) está realizando desde às 8 horas desta terça-feira, um pente fino no Presídio penal de Paranaíba.

De acordo com o diretor da Agepen, Luis Carlos Teles Junior, até o momento a vistoria foi realizada nos pavilhões dois e três, restando apenas o bloco um. Serão fiscalizadas 42 celas, onde estão presos 129 detentos. Os trabalhos estão sendo feitos por 32 agentes, que contam com o apoio de 15 policiais militares da cidade e devem se estender durante toda a tarde de hoje.

Em relação a reformas do local, o diretor disse que o presídio é um dos mais seguros de Mato Grosso do Sul, além de não possuir super lotação de detentos. Ele explicou que a fuga do último domingo foi um fato isolado, mas que já foi aberto processo administrativo para analisar se houve a facilitação por parte dos agentes ou servidores do presídio.

O diretor quer apurar se a entrada das armas ocorreu no domingo, pois era dia de visita dos familiares e isso pode ter facilitado o acesso do armamento no local. Até o momento, nenhum dos quatro detentos que fugiram do presídio após renderam dois agentes foram presos pela polícia.

Fuga: De acordo com a Polícia Militar (PM), dos detentos que fugiram na tarde deste domingo, três deles estavam armados com revólveres calibre 38. Eles renderam dois vigias do local durante a fuga.

Houve troca de tiros com os policiais da torre do estabelecimento penal, mas nenhuma pessoa ficou ferida. Um veículo Santana, placa CDB-0648 de Palmas (TO), dava cobertura aos detentos do lado de fora do presídio.

Os presos que conseguiram fugir foram Debrail Penariol, Divanil Martins de Queiroz, Emerson Junior Caetano Nunes e Anderson Marquedes Rodríguez de Lima.

Dois agentes foram levados como reféns durante a fuga, mas em seguida liberados juntamente com o Santana nas proximidades da ponte do Guilhermão, na divisa com o Estado de Goiás. Os fugitivos cumpriam penas por tráfico de drogas, latrocínio e homicídio

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)