Cassilândia, Terça-feira, 24 de Janeiro de 2017

Últimas Notícias

09/05/2006 10:06

Agentes tributários em protesto em frente à governadoria

Inara Silva e Paulo Fernandes/Campo Grande News

Um grupo de ATEs (Agentes Tributários Estaduais) realiza protesto neste momento em frente à Governadoria, no Parque dos Poderes, em Campo Grande. No local, o governador Zeca do PT está reunido com representantes dos servidores públicos para discutir o parcelamento do salário do funcionalismo. Do lado de fora, os agentes tributários querem chamar a atenção do governador e pedem a regulamentação da lei 2144, que regulamenta a profissão e permite que a categoria, assim como os fiscais de renda, fiscalize mercadorias em trânsito. A lei foi aprovada pela Assembléia Legislativa em 2000 e, após questionamento judicial pelos fiscais de renda, mantida pelo tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul.
O diretor-executivo do Sindate, Antônio Independente, informou à reportagem do Campo Grande News que em todo o Estado são 1,2 mil servidores da arrecadação estadual. Ele alegou que a regulamentação vai dar agilidade a cobrança tributária, o que, segundo o sindicalista, deve elevar a arrecadação estadual.
Hoje, eles publicaram carta aberta na impressa local endereçada ao governador de Mato Grosso do Sul, Zeca do PT, e esclarecendo a população sobre as reivindicações. No dia 20 os ATEs fazem assembléia-geral e se as reivindicações não forem atendidas pode ocorrer uma paralisação da categoria.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 24 de Janeiro de 2017
10:00
Receita do dia
Segunda, 23 de Janeiro de 2017
20:53
Loteria
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)