Cassilândia, Sábado, 28 de Novembro de 2020

Últimas Notícias

04/12/2016 09:01

Agehab reunirá prefeitos eleitos dos municípios que aderiram ao ‘Lote Urbanizado

Noticias MS
24 prefeituras aderiram ao programa, mas a reunião é aberta a todos os prefeitos eleitos (Foto: Chico Ribeiro)24 prefeituras aderiram ao programa, mas a reunião é aberta a todos os prefeitos eleitos (Foto: Chico Ribeiro)

Regulamentado pelo governador Reinaldo Azambuja em outubro e já em processo de licitação da primeira etapa, que prevê a construção de 1.706 unidades em 2017, o programa habitacional Lote Urbanizado será apresentado aos prefeitos eleitos pela Agencia Estadual de Habitação Popular de Mato Grosso do Sul (Agehab). A reunião técnica foi marcada para a próxima quarta-feira (7), às 9h, na Governadoria, Parque dos Poderes.

Segundo a secretaria estadual de Habitação, o encontro também abordará as responsabilidades do governo e das prefeituras na execução do programa, que consiste em atender as famílias que vivem em situação de risco ou de vulnerabilidade com a doação de terrenos (pelos municípios) e a construção da fundação da residência (subsidiada pelo Estado).

Atualmente, 24 prefeituras aderiram ao programa, mas a reunião é aberta a todos os prefeitos eleitos, informou a secretaria de Habitação, Maria do Carmo Avesani Lopes. “Estamos licitando as obras nos municípios que já definiram os terrenos e no início do próximo ano vamos apresentar o programa à população, com a abertura, em seguida, das inscrições”, adiantou Maria do Carmo.

Licitação

Nos dias 19, 20 e 21 de outubro, o governo abriu edital para contratação das empresas que vão executar o programa em 18 municípios, totalizando 1.575 unidades habitacionais, e em breve serão licitadas as demais moradias em mais seis cidades. As casas terão 42,56 metros de área construída e os beneficiados receberão o material para sua edificação no prazo de seis meses, com assistência técnica da prefeitura.

Além de garantir o subsídio para construção do imóvel até o contrapiso, o Estado instalará ainda a fossa séptica e o sumidouro. Já o município parceiro será responsável pela doação do terreno regularizado em cartório, com o devido licenciamento ambiental, dotado de infraestrutura básica com água, energia, arruamento e iluminação pública. Também prestará apoio técnico (engenheiro e mestre de obra) para orientar a autoconstrução.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 28 de Novembro de 2020
Sexta, 27 de Novembro de 2020
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)