Cassilândia, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

04/09/2007 13:44

Aftosa:Governo vai usar polícia para garantir vacinação

Maristela Brunetto e Graciliano Rocha - Campo Grande News

O governador André Puccinelli avisou nesta terça-feira que o Executivo vai usar a polícia onde for preciso para garantir a vacinação do rebanho bovino contra a febre aftosa. O Estado enfrenta duras barreiras comerciais desde outubro de 2005, quando foram registrados novos focos da doença em municípios da região sul.

Hoje foi anunciado o programa "Sanidade Sem Fronteiras", tendo a conscientização do produtor como foco. A verba é federal com as ações realizadas pelo Senar e Famasul, entidades do setor rural. A ação educativa começa por Eldorado, Mundo Novo, Japorã, Itaquiraí e Iguatemi e posteriormente Amambai, Sete Quedas, Paranhos, Tacuru, Coronel Sapucaia, Aral Moreira, Ponta Porã, Antônio João, Bela Vista, Caracol, Porto Murtinho e Corumbá.

Puccinelli citou o trabalho educativo como prioritário para o Estado chegar ao status de área livre da aftosa sem doença, mas reforçou o uso da força quando necessário. “Nós vamos vacinar a mãe de quem não vacina, o pai, o cachorro que toca a boiada e o gado inclusive”, disparou.

O uso da força virá através da Secretaria de Justiça e Segurança Pública e DOF (Departamento de Operações de Fronteira), disse.

Comportamento difamatório- O governador aproveitou ainda a solenidade com representantes do setor rural, na Governadoria, para dizer que o Estado foi alvo de denúncias anônimas de focos, feitas ao Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento) e à OIE (Organização Internacional de Epizootia). Ele não fez referência a nomes, mas classificou de comportamento difamatório.

Os supostos focos, informou, seriam em Paranaíba, Corguinho e Ponta Porã. Segundo Puccinelli, houve investigação com equipes do Mapa e nada foi provado. O governador disse que quem faz isso “joga contra o estado”.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)