Cassilândia, Terça-feira, 23 de Maio de 2017

Últimas Notícias

14/10/2005 09:31

Aftosa: Valor do boi gordo na bolsa caiu 13%

Fernanda Mathias/Campo Grande News

O valor do boi gordo da BM&F (Bolsa Brasileira de Mercadorias e Futuros) já caiu 13% em quatro dias, com a confirmação do foco de febre aftosa no município de Eldorado, a 435 quilômetros de Campo Grande. Em função das quedas consecutivas a bolsa aumentou o limite de baixo de 3% a 3,5%, depois a 4% e nesta sexta-feira passou a 5,25%.
Enquanto no dia 6 de outubro as negociações estavam no patamar de R$ 61,60 a arroba do boi gordo para 31 de outubro, com viés de alta, a confirmação do foco de febre aftosa, ocorrida no sábado, provocou quedas sucessivas e nesta sexta-feira já está a R$ 53,60.
O embargo de mais de 30 Países à carne brasileira é um dos fatores responsáveis pela desvalorização do boi.
Vários Estados já fecharam as divisas com Mato Grosso do Sul, o que motivou o governador, Zeca do PT, ir à Brasília (DF) na quinta-feira última para pedir o fim do embargo interno. Ele defende que somente a zona tampão, num raio de 25 quilômetros do foco, área que está interditada, sofra as restrições.
A Iagro (Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal) investiga suspeita de outros dois focos, um deles em Japorã, onde há um rebanho de 4 mil animais, e outro também em Eldorado, próximo à fazenda infectada, a Vezozzo, e onde o rebanho é de 6 mil animais.
Hoje Mato Grosso do Sul manda para outros estados cerca de 90% dos animais em pé e da carne produzida. Isso porque tem um rebanho bovino próximo de 25 milhões de cabeças e população de somente 2 milhões de habitantes.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 23 de Maio de 2017
Segunda, 22 de Maio de 2017
21:25
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)