Cassilândia, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

07/02/2006 19:43

Aftosa: região afetada terá 1,2 mil animais sentinelas

Humberto Marques/Campo Grande News

O Conselho de Sanidade Animal do Estado reuniu-se durante o dia de hoje na sede da Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul) para discutir a inserção dos “animais de sentinela” nos municípios de Eldorado, Japorã e Mundo Novo – onde foram identificados, ao longo do último trimestre de 2005, 28 casos de febre aftosa. Dentre os temas abordados, o presidente do Fesa (Fundo Emergencial de Sanidade Animal), Leôncio de Souza Brito, explicou que serão utilizados cerca de 1,2 mil bezerros, com menos de 12 meses e procedentes do Pantanal (e que não foram vacinados contra a doença) para verificar se ainda há risco da doença infectar as reses.

Léo Brito informou que, após 15 dias da instalação dos bezerros, será feita a averiguação dos animais para obter dados clínicos sobre a possível infecção pela febre aftosa. Depois de mais 30 dias, um novo exame será realizado, “e, se Deus quiser, não haverá mais atividade viral. Então podemos requerer, dentro do procedimento normal, a liberação dos três municípios que faltam”. Iguatemi e Itaquiraí, que também foram incluídos na zona de segurança da doença, já receberam aval para comercializar produtos da agropecuária.

Após a liberação dos três últimos municípios que ainda possuem restrições, o presidente do Fesa e da Famasul espera que o Estado retome as atividades normais de exportação para antigos mercados que, com o surto de febre aftosa, impuseram restrições para o comércio com Mato Grosso do Sul. Hoje, o Estado está impossibilitado de negociar sua produção pecuária com compradores do exterior.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 18 de Dezembro de 2017
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)