Cassilândia, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

31/10/2005 21:25

Aftosa: MS promete primeiras indenizações para sexta

Graciliano Rocha e Fabiana Silvestre/Campo Grande News

Ao sair da reunião entre os governadores Zeca do PT e Blairo Maggi (PPS/MT), o secretário Dagoberto Nogueira (Produção e Turismo) disse que o primeiro lote de indenizações para produtores que tiveram que abater animais em virtude dos focos de febre aftosa no extremo sul de MS deverá ser liberado já a partir de sexta-feira.

Segundo o secretário, devem ser liberados “entre R$ 4 e 5 milhões”. Os recursos são do Fesa (Fundo Estadual para Sanidade Animal). Dagoberto não informou por quantos animais os produtores serão ressarcidos nem o quanto o governo pretende pagar por cabeça.

A decisão de antecipar a indenização a partir do Fesa foi tomada durante reunião do conselho do Fesa na manhã desta segunda-feira, na sede da Famasul (Federação de Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul). Além de representantes do governo, o conselho do Fesa é composto por membros do governo federal - como o superintendente federal da Agricultura em MS, José Anmtônio Felício, e da Famasul.

Dagoberto disse que o governo estadual ainda espera R$ 16 milhões do governo federal para continuar indenizando criadores que tiveram que sacrificar o rebanho.

A indenização agora, segundo Dagoberto, tem também um objetivo político: reforçar a confiança dos produtores que as indenizações sairão e, com isso, tranqüilizar o setor.

“A preocupação é garantir que eles continuem denunciando os focos de aftosa”, disse o secretário.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)