Cassilândia, Domingo, 27 de Maio de 2018

Últimas Notícias

29/05/2008 05:36

Aftosa: Missão da OIE virá a MS até o fim de 2008

Fabiane Sato

Uma missão da Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) virá até o fim de 2008, a Mato Grosso do Sul para verificar as informações repassadas pelo MS. A informação foi divulgada pelo presidente da Federação da Agricultura e Pecuária de MS (FAMASUL) que esteve agora pela manhã, em Paris, com o governador de MS, André Puccinelli, e a secretaria de Produção e Turismo, Tereza Cristina Correa da Costa Dias com o diretor geral da OIE, Bernard Vallat, o delegado da entidade, Romano Marabelli, e o presidente da Comissão de Pesquisa, Vicenzo Caporale.

O presidente da FAMASUL afirmou que faltaram algumas informações para que MS recebesse o status de Área Livre. “Foi uma decisão momentânea e o Estado deve recuperar o status na próxima avaliação”, comentou. Ademar teve a oportun idade de apresentar o programa Sanidade sem Fronteira, durante a reunião. A parceria com o Paraguai e a alocação de recursos para a continuidade do projeto foram essenciais para que a Missão da OIE verifique in loco a implantação do programa focada nos assentamentos, áreas indígenas e pequenas propriedades rurais.

A OIE declarou nesta terça-feira (27), durante a 76ª Sessão Geral Plenária da Organização, em Paris, a liberação de 10 estados brasileiros mais o Distrito Federal e adiou para julho a avaliação sobre o status sanitário de Mato Grosso do Sul. Bahia, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, São Paulo, Sergipe, Tocantins, além do Distrito Federal, retomam o reconhecimento vigente até 2005, quando foram diagnosticados eventos sanitários no Mato Grosso do Sul e Paraná.

Com o anúncio, 14 Estados brasileiros, além do Distrito Federal, passam a ter este reconhecimento, dos quais Rio Grande do Sul, Rondônia e Acre são considerados livres de aftosa com vacinação e Santa Catarina! , livre da doença sem vacinação. Tais unidades da federação já detinham este status sanitário junto a OIE.

O presidente da FAMASUL retorna ao Brasil hoje.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 27 de Maio de 2018
Sábado, 26 de Maio de 2018
14:57
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)