Cassilândia, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

18/11/2005 14:49

Aftosa: Mapa nega fraude em coleta de amostras no Paraná

Humberto Marques / Campo Grande News

O Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento) rebateu hoje matéria publicada no jornal Valor Econômico, na qual é levantada uma possível fraude nos laudos sobre a presença de febre aftosa no Estado do Paraná. Em notícia publicada em seu site, o Ministério “nega de forma veemente” que tenha ocorrido alguma irregularidade na coleta das amostras enviadas ao Lanagro (Laboratório Nacional Agropecuário) de Belém/PA pela Secretaria de Agricultura e Abastecimento paranaense. A pasta comandada por Roberto Rodrigues informou, ainda, que as decisões técnicas adotadas pelo Mapa têm embasamento científico e seguem regras determinadas pela OIE (Organização Mundial de Saúde Animal). O Mapa está analisando as informações enviadas pelo órgão do Paraná, inclusive os procedimentos adotados naquele Estado.

Também em seu site, o Mapa apresentou nota à imprensa onde repudia as declarações do secretário de Agricultura paranaense, Newton Ribas, que disse ter “recebido uma proposta de técnicos do Mapa para que o Estado assumisse que tinha focos de aftosa”. O comando do Ministério mostrou-se “surpreso” com a fala de Ribas – registradas depois da reunião na última terça-feira, que durou seis horas, e onde foram acordados procedimentos para a investigação da suposta ocorrência de aftosa no Paraná.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)