Cassilândia, Sexta-feira, 18 de Agosto de 2017

Últimas Notícias

08/12/2005 20:53

Aftosa: mais de 20 mil animais já foram abatidos em MS

Humberto Marques/Campo Grande News

Já passa de 20 mil o total de animais sacrificados nos trabalhos de abate sanitário nas cidades de Eldorado, Japorã e Mundo Novo – onde foram identificados casos de febre aftosa. Ao todo, os serviços coordenados pela DFA/MS (Delegacia Federal da Agricultura de Mato Grosso do Sul) e Iagro (Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal de Mato Grosso do Sul) resultaram no sacrifício de 20.068 animais (19.269 bovinos, 313 ovinos e caprinos e 243 suínos), segundo dados da nota técnica 43, divulgada na manhã de hoje.

Além dos trabalhos comuns de desinfecção, limpeza e abate, foram realizadas ações de Educação Sanitária no Assentamento Floresta Branca, envolvendo 30 alunos. Sete estudantes foram premiados pelos trabalhos apresentados sobre a febre aftosa, além de oferecidas informações acerca da doença.

Dinheiro – Outros 12 pecuaristas de Japorã e Mundo Novo foram indenizados pelo Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento) e por meio do Fesa/MS (Fundo Emergencial para a Defesa da Saúde Animal de Mato Grosso do Sul). Com isso, já são 37 produtores rurais indenizados pelas perdas com a doença, totalizando mais de R$ 5,6 milhões em pagamentos, dos quais R$ 3 milhões couberam à União, e o restante ao fundo administrado pela Funar (Fundação Educacional para o Desenvolvimento Rural).

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 18 de Agosto de 2017
Quinta, 17 de Agosto de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)