Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

15/11/2005 19:59

Aftosa: Governo vai informar diminição de área de risco

Lana Cristina/ABr

O Ministério da Agricultura anunciou que vai enviar à Organização Mundial de Saúde Animal (OIE), ainda nesta semana, comunicado sobre a decisão de reduzir a área de risco sanitário do Paraná. A decisão de flexibilizar a restrição foi tomada hoje (15), em reunião com o ministro da Agricultura, Roberto Rodrigues, o secretário de Defesa Agropecuária do ministério, Gabriel Alves Maciel e o diretor de Defesa Agropecuária do Paraná, Felisberto Queiroz Baptista, além de outros técnicos do estado.

Segundo Maciel, o último relatório enviado pelo Brasil à entidade que rege as normas sanitárias dos países exportadores de carnes, sobre os focos de aftosa do país, data da semana passada. Nele, os técnicos do ministério relataram as medidas sanitárias adotadas até então pelo Paraná, em função da suspeita da ocorrência de febre aftosa em quatro municípios do estado: Loanda, Maringá, Grandes Rios e Amaporã. O Brasil tem 22 focos de aftosa confirmados no Mato Grosso do Sul.

A suspeita dos focos no Paraná foi anunciada no dia 21 de outubro pela secretaria de agricultura estadual e, 10 dias depois, o ministério da Agricultura editou instrução normativa definindo uma área de mais 32 municípios como de risco sanitário. Desse raio, não saem animais vivos, carne fresca e leite para outras partes do estado, desde então. Agora, os técnicos do estado acreditam que, mesmo que os exames de laboratório comprovem a presença do vírus no material analisado, está comprovado que a situação está sob controle no Paraná.

Com isso, o ministério já decidiu que reduzirá a área de risco sanitário que, segundo Baptista, deverá ficar restrita a um raio de 10 quilômetros a partir das propriedades onde há a suspeita, nos quatro municípios. O diretor de Defesa Agropecuária do Paraná disse que o Departamento de Economia Rural da secretaria de agricultura está levantando, com a ajuda das entidades que representam os produtores, o impacto na região interditada. Ele disse que ainda não é possível fazer uma estimativa dos prejuízos causados, mas admitiu que o impacto foi bastante negativo.

Baptista evitou falar em indenizações e disse que o estado dará apoio aos produtores. "Essa é uma questão que está sendo avaliada pelo estado. Esses tipos de infortúnios acontecem na agricultura. O governo do estado sempre esteve ao lado dos pecuaristas, buscando junto soluções no sentido de minimizar esses impactos. Mesmo quando há impacto por situações adversas, o estado tem dado apoio e incentivo, no sentido dos prejuízos serem minimizados. Claro que não será diferente numa situação como essa", observou.

As reclamações, por parte de produtores da região, vêm, principalmente, de produtores de leite da área interditada. Eles estão usando o leite para adubar o pasto desde que foram impedidos de comercializar para outras cidades fora do limite de restrição.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)