Cassilândia, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

29/01/2007 13:15

Aftosa faz MS vetar boi, carne e leite da Bolívia

Fernanda Mathias / Campo Grande News

O Brasil já está formalmente notificado sobre foco de febre aftosa na Bolívia, segundo informou o secretário de Defesa Agropecuária do Ministério da Agricultura, Gabriel Alves Maciel. O superintendente federal de Agricultura em Mato Grosso do Sul, Orlando Baez, afirma que já estão sendo adotadas medidas para proibir o trânsito de animais, carnes e leite do País vizinho para o Estado através de postos em Corumbá, em Ponta Por㠖 que está na linha de fronteira com o Paraguai – e através do monitoramento do Rio Paraguai. O Paraguai, por sua vez, informou
também que está vetando a entrada dos produtos bovinos bolivianos em seu território.

Baez afirma que além da medida que o Brasil está baixando para proibir entrada de animais bolivianos, a Iagro (Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal) deve baixar outra no mesmo sentido e mobilizar pessoal para a fiscalização na região. Conforme reportagem da Agência Estado, o caso é o primeiro em três anos e meio na Bolívia e foi diagnosticado no leste do país.

Esta manhã, porém, não havia ainda intervenção na região de fronteira com Corumbá. O trabalho de fiscalização deve começar amanhã.

Justamente para proteger a fronteira, o governo editou recentemente portaria obrigando a vacinação de bezerros nas fronteiras com Paraguai e Bolívia em fevereiro. Em outubro do ano passado o Estado diagnosticou casos de febre aftosa em Eldorado, Japorã e Mundo Novo, na fronteira com o Paraguai. Com isso, ainda luta para recuperar mercados, porque perdeu 83% de suas exportações de carne bovina.

O foco é identificado exatamente na mesma semana em que a sanidade animal do rebanho do Estado será avaliada em Paris, pela Organização Internacional de Epizootias. A reunião será no dia 31.

(Colaborou Rosana Nunes, do Corumbá On Line).

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
06:50
Loterias
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)