Cassilândia, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

03/02/2006 15:01

Aftosa: europeus questionam demora em ações sanitárias

A missão técnica que percorreu rebanhos de Mato Grosso do Sul e do Paraná retorna hoje para a Europa e deixam dois questionamentos sobre as ações de defesa adotadas para contenção dos focos de febre aftosa ocorridos em Mato Grosso do Sul e no Paraná: a demora para que os sacrifícios ocorram no caso deste último e no caso de Mato Grosso do Sul o porque de a pesquisa da atividade viral não ter ocorrido na ocasião da visita ao Estado, encerrada sexta-feira passada.

A SFA (Superintendência Estadual de Agricultura) informou na ocasião que o inquérito soro-epidemiológico não havia ocorrido em função da necessidade do término dos abates, o que ocorreu no fim de semana retrasado.

O secretário de Defesa Agropecuária, Gabriel Maciel, em avaliação à visita da missão, disse que as observações da missão européia já eram esperadas pelo governo brasileiro. Sobre a retomada do mercado europeu pelo Brasil, Maciel disse que depende principalmente de o governo do Paraná agilizar os sacrifícios, que é o ponto mais importante observado pelo mercado internacional.

Enquanto isso não ocorrer, disse, é provável que as sanções a São Paulo e também a Mato Grosso do Sul permaneçam, por serem vizinhos. “O problema é que não podemos fazer uma intervenção no Estado. É uma decisão que o Paraná tem de adotar junto ao proprietário da área em que foi constatado o foco”, diz Maciel. As informações são do site de Campo Grande News.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)