Cassilândia, Terça-feira, 22 de Maio de 2018

Últimas Notícias

25/10/2005 17:26

Aftosa: Defendido o fechamento da fronteira de MT com MS

24horasnews

Deu no site 24 horas news, de Cuiabá:

O fechamento das fronteiras de Mato Grosso com os estados onde está havendo ocorrência de casos de febre aftosa é imprescindível para manter o estado livre da doença. A opinião é do presidente do Fundo Emergencial de Febre Aftosa (Fefa), o deputado estadual Zeca D’Ávila. Os produtores rurais, segundo ele, estão fazendo a parte deles que é vacinar o rebanho, porém, o governo federal continua sendo relapso no que diz respeito à fiscalização das fronteiras brasileiras, obrigação indelegável da União.

Em Mato Grosso, Zeca D’Avila, acredita que nesse momento o governo tem que fechar suas fronteiras para a comercialização do gado em pé, com os estados de Mato grosso do Sul e Paraná, onde diversos focos da doença foram confirmados e também com o estado de São Paulo onde existem suspeitas de foco de aftosa. “Neste momento, o governo brasileiro não pode se preocupar apenas com a reação do mercado internacional ao fechamento de fronteira entre os estados brasileiros, porque prejuízo maior que o boicote do externo, será a entrada da doença em outros estados do Brasil” afirmou. Mesmo sem ocorrência de aftosa, o estado de Mato Grosso já está sendo penalizado com o surgimento de focos da doença em outros estados.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 22 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Segunda, 21 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Domingo, 20 de Maio de 2018
15:18
Cassilândia/Itajá
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)