Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

02/11/2006 13:08

Aeronáutica define operação-padrão de operadores de vôo

Sandra Luz/Campo Grande News

A operação-padrão, que está atrasando há uma semana vôos que passam na rota do aeroporto de Brasília (DF) e Gurarulhos (SP) não foi articulada por conta de uma crise sindical, mas por medida tomada pela Aeronáutica segundo matéria publicada pela Folha Online. Conforme a Folha, a medida foi tomada a reboque da queda do Boeing da Gol que matou mais de 100 pessoas e teve como objetivo retardar a chegada ou saída de vôos, com atrasos em todos os aeroportos do País. Em resumo, seria dobrada a área monitorada por alguns operadores do radar.

O problema foi agravado pela ausência de 18 controladores que elevou área fiscalizada pelos profissionais que permaneceram. Hoje há 236 profissionais atuando no controle de tráfego, entre civis e militares em Brasília. No País são 2.212 controladores militares e 571 civis, mas o déficit de profissionais chega a 500 pessoas, resultado de 20 anos sem a abertura de concurso para a carreira.

A Folha publicou, ainda, que o governo federal desembolsado pouco mais da metade dos gastos previstos no programa de proteção ao vôo este ano. Porém, o Fundo Aeronáutico, que deveria repassar as tarifas cobradas nos embarques e demais taxas aeroportuárias para o sistema, acumulava saldo superior a R$ 1,9 bilhão. Os dados usados foram recolhidos no Siafi (sistema informatizado de acompanhamento de gastos federais), contudo o Comando da Aeronáutica informou que pretende acelerar os gastos do programa de proteção ao vôo e segurança do tráfego aéreo até o fim de 2006. Ele negou que a crise tenha sido causada pelo bloqueio de recursos do fundo.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)