Cassilândia, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

15/05/2004 17:22

Aeronáutica ainda não sabe como resgatar corpos

Agência Brasil

Equipes do Corpo de Bombeiros do Esquadrão Aéreo de Salvamento do Rio de Janeiro e de Segurança de Vôo do Serviço Regional de Aviação Civil do Aeroporto de Manaus (AM) ainda não definiram a estratégia de como será feito o resgate dos corpos das 33 pessoas que morreram no acidente com o avião da empresa Rico Linhas Aéreas, que caiu na noite de ontem há 20 quilômetros da cabeceira da pista de pouso do aeroporto de Manaus.

A informação foi dada pelo chefe da Divisão de Infra-estrutura do Serviço Regional de Avião Civil de Manaus, tenente-coronel Eudes Jorge Ferreira da Silva. Segundo ele, já está se deslocando para o local do acidente um helicóptero do Exército para auxiliar no resgate. \"O local é de difícil acesso. Acredito que até o final do dia, poderemos ter informações de quando os corpos serão retirados para serem trazidos aqui para Manaus\", afirmou Eudes Jorge em entrevista, por telefone, à Agência Brasil.

Um representante da Divisão de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos do Departamento de Aviação Civil (DAC) e outro do Centro de Investigação de Prevenção de Acidentes da Aeronáutica já chegaram a Manaus para colher informações junto às equipes de resgate, a fim de iniciar o levantamento dos dados que serão utilizados para apontar as causas do acidente.

Eudes Jorge Ferreira da Silva afirmou que qualquer tipo de conclusão sobre as causas do acidente são deverão sair em 90 dias, já que, durante esse prazo, serão cruzadas todas as informações das equipes que estão participando do resgate e das investigações.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
13:15
Cassilândia
09:00
Maternidade
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)