Cassilândia, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

15/09/2005 16:52

Advogados de Jefferson entram com recurso no STF

Agência Câmara

Os advogados de Roberto Jefferson entraram nesta quinta-feira com recurso no Supremo Tribunal Federal (STF) contra a cassação do mandato de deputado, ocorrida ontem. Eles argumentam cerceamento do direito de defesa e constrangimento em seus direitos. O advogado Itapuã Prestes de Messias reclama: "Nunca vi, na história da República, uma acusação que fosse móvel e uma defesa fixa, como ocorreu com Roberto Jefferson. Os termos da representação, os termos da denúncia foram todos comprovados. Foram elementos estranhos à denúncia que cassaram o deputado Roberto Jefferson, e sobre esses elementos ele não teve o direito de defesa."

Sentimento da sociedade
O líder do PTB, deputado José Múcio Monteiro (PE), um dos principais defensores de Roberto Jefferson, lamentou a cassação. Ele ficou surpreso com o quorum de 489 parlamentares presentes à votação no plenário. "Lamento pela sociedade, que estava torcendo para que o mandato dele fosse poupado. Acho que Jefferson fez um serviço para o País. Nós, por meio das denúncias dele, poderemos agora construir um Parlamento diferente."
O líder do PFL, deputado Rodrigo Maia (RJ), discorda de José Múcio quanto ao sentimento do povo brasileiro. "Acho que era o resultado que a sociedade esperava. Os deputados entenderam que cabia a cassação de Roberto Jefferson, foi a decisão da maioria e a decisão da maioria é a decisão da Casa."

Outras cassações
Para o líder do PSDB, deputado Alberto Goldman (SP), a cassação de Jefferson sinaliza o que pode ocorrer daqui para frente com os quase 20 pedidos de perda de mandato que tramitam na Câmara. "O que houve indica que há uma disposição da Câmara dos Deputados de pegar os cabeças desse processo montado de corrupção no País, que foi comandado pela Direção Nacional do PT, mas que envolveu o Poder Executivo, partidos, deputados, parlamentares. Esse processo todo vai dar continuidade, ou seja, esses cabeças devem ter seu mandato cassado."
Roberto Jefferson foi o segundo deputado a ter o mandato cassado na atual legislatura. O primeiro foi André Luiz, também do Rio de Janeiro. Jefferson interrompe o sexto mandato dele como deputado federal, que começou em 1983, sempre pelo PTB.


Reportagem - Marise Lugullo
Edição - Regina Céli Assumpção

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)