Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

04/02/2014 17:22

Advogado que enganou cliente por mais de um ano é denunciado por estelionato

Midiamax

Um advogado de Dourados foi denunciado pelo Ministério Público Estadual (MPE) por estelionato, depois de ser contratado por uma mulher para ingressar um processo contra uma instituição bancária. Ela teria sido induzida a depositar R$ 5,2 mil na conta bancária do advogado, que nunca ingressou com a ação na Justiça.

Na ação, o promotor João Linhares Júnior, da 4ª Promotoria de Justiça pede além da investigação do crime de estelionato, que sejam instaurados pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) procedimentos éticos e disciplinares para que o advogado seja afastado da profissão.

O caso começou em julho de 2011. A mulher comprou um veículo de forma financiada e com o financiamento, contratou um seguro-desemprego, que prometia que a seguradora daria continuidade ao pagamento das prestações caso ela fosse demitida. A vítima ficou desempregada, e procurou a seguradora para requerer o pagamento das parcelas. Porém, a empresa se recusou a arcar com os pagamentos e ela contratou o advogado para ingressar com uma ação contra a financeira.

Depois de ser contratado, o advogado orientou a mulher a depositar na conta bancária dele, as prestações seguintes, dizendo que depositaria os valores em juízo. A vítima depositou o valor das parcelas mensalmente na conta do advogado por um ano, até desconfiar que estava sendo enganada, pois ele não mais atendia aos telefonemas dela e nem dava informações sobre o trâmite do caso.

Em agosto de 2012, o advogado voltou a entrar em contato com a vítima, dizendo que havia realizado um acordo com a instituição financeira e que disse que ela deveria depositar mais mil reais para quitar a última prestação. Pouco depois, a mulher começou a desconfiar do advogado e entrou em contato com o banco. Ela foi informada de que as parcelas do financiamento não estavam sendo pagas desde julho de 2011. Ela procurou pelo processo no site do Tribunal de Justiça e não encontrou nenhuma ação judicial em nome dela. Depois, a mulher procurou a Ordem dos Advogados de Brasil (OAB/MS) e descobriu que o advogado nunca ingressou uma ação para defendê-la.

Investigação – De acordo com o MPE, foi instaurado o inquérito policial e o advogado negou os crimes. Ele assegurou que nunca tentou enganar a vítima e que não devolveu o dinheiro para mulher, pois ela se recusou a efetuar o pagamento dos honorários advocatícios. O advogado tem diversos boletins de ocorrência registrados em desfavor dele, que apontam situações semelhantes ao caso. Ele também responde na Justiça pelos crimes de apropriação indébita e estelionato.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)