Cassilândia, Sábado, 23 de Março de 2019

Últimas Notícias

13/03/2019 17:30

Advogado é condenado a pagar R$ 17 mil depois de pegar dinheiro de ex-cliente

Campo Grande News

Os desembargadores da 4ª Câmara Cível condenaram um advogado a pagar mais de R$ 17 mil por ter furtado uma ex-cliente em 2007. Além de devolver o valor levado, a justiça determinou que ele paga R$ 10 mil de danos morais a mulher.

Segundo informações do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, o advogado foi contratado para o ajuizamento de uma ação revisional de contrato e para isso foi autorizado pela cliente a sacar os valores que eventualmente tivessem utilidade para o processo.

Pelo serviço, pagou R$ 1 mil, mas tempos depois, já com o fim do processo, descobriu que o advogado se apropriou de R$ 7.825,47. A mulher, que terá a identidade preservada, então contratou outro profissional e entrou com ação de indenização.

Capital
13/03/2019 17:01
Advogado é condenado a pagar R$ 17 mil depois de pegar dinheiro de ex-cliente
Caso aconteceu em 2007, mas mulher só descobriu anos depois que o advogado havia retirado R$ 7.825,47 seus
Geisy Garnes
Imprimir Enviar por E-mail
Tweet
Os desembargadores da 4ª Câmara Cível condenaram um advogado a pagar mais de R$ 17 mil por ter furtado uma ex-cliente em 2007. Além de devolver o valor levado, a justiça determinou que ele paga R$ 10 mil de danos morais a mulher.

Segundo informações do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, o advogado foi contratado para o ajuizamento de uma ação revisional de contrato e para isso foi autorizado pela cliente a sacar os valores que eventualmente tivessem utilidade para o processo.

Pelo serviço, pagou R$ 1 mil, mas tempos depois, já com o fim do processo, descobriu que o advogado se apropriou de R$ 7.825,47. A mulher, que terá a identidade preservada, então contratou outro profissional e entrou com ação de indenização.

Por conta do tempo entre a descoberta do crime e o pedido de indenização, o juiz não acolheu a denuncia, afirmando que a ação estaria prescrita. O caso foi enviado a 4ª Câmara Cível, que reformou a sentença e deu provimento ao recurso e condenou o advogado a pagar R$ 7.825,47, mais R$ 10.000,00 de danos morais para a ex-cliente.

Em seu voto, o relator do processo, Desembargador Luiz Tadeu Barbosa Silva, havia proposto R$ 15 mil de danos morais, no entanto o valor proposta fixado foi o sugerido pelo desembargador Sideni Soncini Pimentel, que relatou o acórdão.

O desembargador Luiz Tadeu, afirmou que a atitude do advogado, “sobretudo diante da confiança depositada pela autora em relação ao réu”, extrapola o aborrecimento, configurando assim dano moral. “Mormente por se tratar a autora de pessoa simples e de parcos recursos econômico-financeiros”.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 23 de Março de 2019
09:00
Santo do dia
Sexta, 22 de Março de 2019
Quinta, 21 de Março de 2019
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)