Cassilândia, Sábado, 20 de Julho de 2019

Últimas Notícias

13/03/2019 17:30

Advogado é condenado a pagar R$ 17 mil depois de pegar dinheiro de ex-cliente

Campo Grande News

Os desembargadores da 4ª Câmara Cível condenaram um advogado a pagar mais de R$ 17 mil por ter furtado uma ex-cliente em 2007. Além de devolver o valor levado, a justiça determinou que ele paga R$ 10 mil de danos morais a mulher.

Segundo informações do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, o advogado foi contratado para o ajuizamento de uma ação revisional de contrato e para isso foi autorizado pela cliente a sacar os valores que eventualmente tivessem utilidade para o processo.

Pelo serviço, pagou R$ 1 mil, mas tempos depois, já com o fim do processo, descobriu que o advogado se apropriou de R$ 7.825,47. A mulher, que terá a identidade preservada, então contratou outro profissional e entrou com ação de indenização.

Capital
13/03/2019 17:01
Advogado é condenado a pagar R$ 17 mil depois de pegar dinheiro de ex-cliente
Caso aconteceu em 2007, mas mulher só descobriu anos depois que o advogado havia retirado R$ 7.825,47 seus
Geisy Garnes
Imprimir Enviar por E-mail
Tweet
Os desembargadores da 4ª Câmara Cível condenaram um advogado a pagar mais de R$ 17 mil por ter furtado uma ex-cliente em 2007. Além de devolver o valor levado, a justiça determinou que ele paga R$ 10 mil de danos morais a mulher.

Segundo informações do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, o advogado foi contratado para o ajuizamento de uma ação revisional de contrato e para isso foi autorizado pela cliente a sacar os valores que eventualmente tivessem utilidade para o processo.

Pelo serviço, pagou R$ 1 mil, mas tempos depois, já com o fim do processo, descobriu que o advogado se apropriou de R$ 7.825,47. A mulher, que terá a identidade preservada, então contratou outro profissional e entrou com ação de indenização.

Por conta do tempo entre a descoberta do crime e o pedido de indenização, o juiz não acolheu a denuncia, afirmando que a ação estaria prescrita. O caso foi enviado a 4ª Câmara Cível, que reformou a sentença e deu provimento ao recurso e condenou o advogado a pagar R$ 7.825,47, mais R$ 10.000,00 de danos morais para a ex-cliente.

Em seu voto, o relator do processo, Desembargador Luiz Tadeu Barbosa Silva, havia proposto R$ 15 mil de danos morais, no entanto o valor proposta fixado foi o sugerido pelo desembargador Sideni Soncini Pimentel, que relatou o acórdão.

O desembargador Luiz Tadeu, afirmou que a atitude do advogado, “sobretudo diante da confiança depositada pela autora em relação ao réu”, extrapola o aborrecimento, configurando assim dano moral. “Mormente por se tratar a autora de pessoa simples e de parcos recursos econômico-financeiros”.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 20 de Julho de 2019
Sexta, 19 de Julho de 2019
10:00
Receita do Dia
09:00
Santo do Dia
Quinta, 18 de Julho de 2019
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)