Cassilândia, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

16/08/2010 14:28

Advogado de MS é o 1º da lista para vaga de ministro do TST

OAB/MS

O advogado de Mato Grosso do Sul, André de Carvalho Pagnoncelli, é o mais votado da lista sêxtupla constitucional para preencher vaga de ministro do Tribunal Superior do Trabalho (TST), destinada à advocacia. Ele foi um dos escolhidos pelo Conselheiro Federal da Ordem dos Advogados do Brasil, durante sessão extraordinária realizada ontem (15), em Brasília, com 27 votos, dos 32 possíveis.

Foram escolhidos pelos conselheiros federais da OAB e membros honorários vitalícios os seguintes advogados: André de Carvalho Pagnoncelli (Mato Grosso do Sul); Othoniel Furtado Gueiros Neto (Pernambuco); Luís Carlos Moro (São Paulo); Adriano Costa Avelino (Alagoas); Luiz Gomes (Rio Grande do Norte); e Delaíde Alves Miranda Arantes (Goiás).

A lista sêxtupla votada na sessão de domingo (15) e que designará um ministro para preencher a vaga aberta com a aposentadoria do ministro José Simpliciano Fontes de Faria Fernandes, será, agora, enviada pela OAB Nacional ao TST. A Corte reduzirá a lista sêxtupla a uma lista tríplice e enviará a sua relação ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que é quem escolherá o candidato final à vaga. Após esse trâmite, o candidato será sabatinado pelo Senado Federal e, se aprovado, nomeado ministro do TST.

A sessão extraordinária do Pleno do Conselho Federal da OAB para argüição e escolha dos candidatos durou cerca de sete horas e foi conduzida pelo presidente nacional da entidade, Ophir Cavalcante. O processo eleitoral, contou, ainda, com a participação do presidente da OAB/MS, Leonardo Avelino Duarte, dos conselheiros federais de Mato Grosso do Sul, Afeife Mohamad Hajj, Carmelino de Arruda Rezende e José Sebastião Espíndola, que participaram da votação.

Também estivem presentes, o suplente do Conselho Federal e ex-presidente da OAB/MS, Carlos Marques, a ex-presidente Elenice Pereira Carille, o conselheiro seccional, Denner de Barros e Mascarenhas Barbosa, o diretor–presidente da Escola Superior de Advocacia (ESA/MS), Gustavo Passarelli. A sessão foi acompanhada, ainda, pelo integrante do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), Marcelo Nobre.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)