Cassilândia, Domingo, 16 de Dezembro de 2018

Últimas Notícias

13/11/2018 09:40

Advogada de Pavão e Marcelo Piloto é alvo de 14 tiros na fronteira

Campo Grande News

A advogada Laura Casuso, de 54 anos, foi alvo de pelo menos 14 tiros por volta das 19h50 de ontem (12) no Bairro Maria Victoria em Pedro Juan Caballero, cidade que faz fronteira com Ponta Porã, a cerca de 323 quilômetros de Campo Grande.

Laura é advogada do narcotraficante brasileiro Jarvis Gimenes Pavão, mas também atuou em processos envolvendo o chefe do Comando Vermelho, Marcelo Fernando Pinheiro Veiga, o Marcelo Piloto.

A advogada usava colete a prova de bala e ocupava um veiculo da Range Rover, preto, também blindado, quando foi surpreendida pelos pistoleiros que segundo testemunhas, estavam em uma camionete Toyota Hilux, preta.

Após os disparos eles fugiram e a vítima foi socorrida por amigos a uma clínica particular da cidade, conforme o Porã News. As informações preliminares são de que o quadro clínico de Laura é grave.

No local do atentado a polícia recolheu 19 cápsulas de 9 milímetros. Uma caminhonete, possivelmente a usada no crime também foi encontrada abandonada perto da unidade do Forte Atacadista, na cidade e os pistoleiros teriam fugido para o lado brasileiro da fronteira.

Agentes da Divisão de Homicídios e da Polícia Técnica ainda periciam o local do atentado e empenharam equipes em busca dos suspeitos.

Pavão - Preso desde dezembro do ano passado no Presídio Federal de Mossoró (RN), o sul-mato-grossense natural de Ponta Porã, Jarvis Gimenes Pavão, cumpriu oito anos de prisão por lavagem de dinheiro no Paraguai, mas nesse tempo atrás das grades continuou controlando sua rede de tráfico de cocaína para o Brasil.

Atuação semelhante a do narcotraficante Marcelo Fernando Pinheiro Veiga, o Marcelo Piloto, que está preso no Paraguai e tem 26 anos de prisão a cumprir no Rio de Janeiro. No "currículo" do crime, Piloto acumula acusações por homicídio, assaltos, tráfico e ostenta o título de chefe da facção Comando Vermelho, rival do PCC (Primeiro Comando da Capital). Duas das maiores potências na guerra entre facções pela liderança no tráfico de drogas.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 16 de Dezembro de 2018
06:50
Dia de Sorte
Sábado, 15 de Dezembro de 2018
16:38
Cassilândia
10:00
Receita do dia
Sexta, 14 de Dezembro de 2018
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)