Cassilândia, Domingo, 24 de Setembro de 2017

Últimas Notícias

25/02/2013 20:49

Adolescente que diz ser autor de disparo em estádio da Bolívia depõe em SP

Daniel Mello e Flávia Albuquerque*, Agência Brasil

São Paulo – O adolescente de 17 anos que se declarou autor do disparo do sinalizador que matou um torcedor boliviano prestou depoimento hoje (25) na Vara da Infância e da Juventude de Guarulhos (SP). O sinalizador atingiu Kevin Douglas Beltrán Espada, de 14 anos, no Estádio Jesús Bermudez, na cidade de Oruro, onde o adolescente assistia ao jogo entre o San José, do qual era torcedor, e o Corinthians pela Copa Libertadores da América, na última quarta-feira (20).

Por cerca de duas horas, o jovem conversou, acompanhado do advogado, com o promotor Gabriel Rodrigues Alves. O garoto deixou o fórum no carro dirigido pelo advogado. Ele estava sentado no banco do passageiro, uma mulher estava no banco de trás. Por ser menor de idade, o processo corre em segredo de Justiça.

Em entrevista ontem (24) ao programa Fantástico, da TV Globo, o adolescente afirmou ser o autor do disparo. Um grupo de 12 corintianos estão detidos em Oruro, acusados de serem os responsáveis e cúmplices na morte do boliviano.

Segundo o advogado especialista em direito do torcedor, Ricardo Cabezon, quando um menor de idade assume a culpa por um ato ilícito no Brasil, é preciso investigação antes de considerar a confissão. “Antes disso, é preciso conduzir uma investigação porque é comum o menor querer encobrir um maior [de idade]. O que já deveria ter acontecido aqui é a abertura de uma investigação a parte para apurar diversos fatores”.

Na avaliação de Cabezon, os 12 torcedores presos na Bolívia não devem ser liberados tão cedo, devido às diferenças de legislação entre Brasil e Bolívia. O advogado prevê que o processo deve durar mais tempo na Bolívia. “O que dura três meses aqui [Brasil], lá [Bolívia] pode durar seis. O pressuposto para a prisão em flagrante dos torcedores foi a verificação de quem estava perto da região e os vestígios de pólvora nas mãos”, disse, acrescentando que a Federação Internacional de Futebol (Fifa) proíbe a entrada de fogos de artifício nos estádios.

O embaixador do Brasil na Bolívia, Macel Biato, colocou-se à disposição para ajudar os torcedores detidos, na cidade de Oruro, no Leste do território boliviano. Biato foi até a prisão na qual estão os torcedores e conversou com eles. Do grupo detido, dois são apontados como os responsáveis pelo lançamento de um sinalizador.

Diplomatas que acompanham o caso disseram que, não há, por enquanto, indicações sobre a eventual libertação dos torcedores. O Ministério das Relações Exteriores informou, por meio da assessoria, que colabora com os torcedores prestando apoio jurídico e administrativo. No entanto, o Itamaraty diz não ter detalhes sobre os desdobramentos das investigações.

O caso gerou reações de vários setores do governo boliviano. O presidente da Bolívia, Evo Morales, disse ter ficado “chocado” com o ocorrido no estádio em Oruro. Autoridades bolivianas cobraram mais rigor na punição contra o time do Corinthians.

* Colaborou Renata Giraldi, de Brasília

Edição: Carolina Pimentel

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 23 de Setembro de 2017
Sexta, 22 de Setembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)