Cassilândia, Sexta-feira, 25 de Maio de 2018

Últimas Notícias

30/11/2004 13:29

Administração: Sai o edital para concurso do INSS

AgPrev

O edital do concurso para médicos peritos, analistas e técnicos previdenciários do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) foi publicado hoje (30) no Diário Oficial da União. Serão oferecidas 2.400 vagas distribuídas da seguinte forma: 1.500 médicos peritos, 600 técnicos previdenciários (nível médio) e 300 analistas previdenciários (nível superior). Das 300 vagas para analista, 200 serão para contadores. As demais serão destinadas a outras atividades.

Os salários iniciais são de R$ 853,70 para técnico, R$ 1.433,04 para analista e R$ 2.164,32 para médico perito. Os aprovados no concurso serão lotados nas mais de 100 gerências espalhadas pelo País. A expectativa é de que os aprovados assinem seus contratos até o final de fevereiro de 2005.

As inscrições estarão abertas de 3 a 23 de dezembro. As provas serão realizadas no dia 30 de janeiro e o resultado homologado no dia 18 de fevereiro. O conteúdo das provas será adequado às características funcionais de cada um dos cargos e estão descritas no edital, disponível na página eletrônica do Ministério da Previdência Social (www.previdencia.gov.br).

O concurso será realizado pela Cesgranrio, selecionada por meio de licitação. Os critérios de seleção da empresa foram qualidade da proposta, custo para o INSS e menor taxa de inscrição. A empresa preencheu todos os critérios.

Este será o primeiro concurso público para repor o quadro médico do INSS em mais de 18 anos. Para os outros cargos, o último concurso aconteceu em fevereiro de 2003, quando foram preenchidas 5.700 vagas para técnicos e analistas. Em relação aos contadores, responsáveis pelos cálculos das aposentadorias, pensões e outros benefícios, atualmente o quadro do INSS é formado por 400 profissionais.

Para o próximo ano o INSS está pleiteando junto ao Ministério do Planejamento outras três mil vagas. Gradualmente, o INSS espera repor a carência atual de mais de 15 mil cargos. Enquanto o número de benefícios concedidos pelo INSS saltou de pouco mais de oito milhões para 22 milhões nos últimos 20 anos, o número de servidores do órgão diminuiu. Apenas para repor os profissionais que se desligaram do quadro, nesse período, seria necessário contratar, pelo menos, 10 mil pessoas.

Na opinião do diretor-presidente do INSS, Carlos Gomes Bezerra, o concurso mostra que "o governo do Presidente Lula está resgatando, aos poucos, a qualidade do Serviço Público brasileiro". Para ele, o funcionalismo público vinha se degradando ao longo do tempo em razão da idéia do estado mínimo, então vigente. (ACS/INSS)

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 24 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Quarta, 23 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)