Cassilândia, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

21/10/2008 16:06

Adiado julgamento de peão que arrastou e matou militar

Ângela Kempfer - Campo Grande News

Os advogados de defesa do peão Fagner Gonçalves, que atropelou e arrastou o cabo do exército Leonardo Sales, conseguiram adiar o julgamento marcado para o próximo dia 7.

O réu iria a júri popular, mas a defesa entrou com recurso junto ao Tribunal de Justiça contestando decisão. A solicitação será analisada pelo juiz Aluízio Pereira dos Santos. A partir do recurso, o julgamento foi retirado da pauta e Fagner segue preso até nova data ser marcada.

O Ministério Público Estadual pediu que Fagner fosse submetido a júri popular, por homicídio doloso, ou seja, com intenção de matar, justificando crime praticado de forma cruel e sem a possibilidade de defesa pela vítima.

A defesa sustenta homício culposo, sem intenção, em uma tentativa de evitar que peão enfrente o júri popular, o que poderia evitar uma pena mais severa, já que o crime jogou a opinião pública contra o Fagner.

A acusação sustenta que o peão arrastou o militar por 15 quilômetros, tendo consciência do fato e omitindo socorro, com requintes de crueldade, que causaram sofrimento “exacerbado e desnecessário” à vítima.

O crime ocorreu no dia 7 de junho, após o peão sair de um rodeio no bairro Lageado.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 18 de Dezembro de 2017
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)