Cassilândia, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

10/03/2004 14:13

Adiada decisão de matéria sobre reforma do Judiciário

Antônio Arrais / ABr

A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania do Senado Federal tomou conhecimento, hoje, fora da pauta de sua reunião, do parecer do senador José Jorge (PFL-PE) da reforma do Poder Judiciário. Pedido de vista de vários senadores adiou a decisão sobre a matéria para a partir da próxima semana.

No seu parecer sobre a reforma do Judiciário, que tramita no Congresso Nacional há doze anos, José Jorge propõe a aprovação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) nº 29/2000 instituindo, entre outras alterações no sistema judiciário brasileiro da súmula vinculante das decisões do Supremo Tribunal Federal (que passam a ser obrigatoriamente seguidas pelas instâncias inferiores); cria os conselhos nacionais de Justiça e do Ministério Público (estabelecendo o controle externo do Judiciário e do Ministério Público); estabelece quarentena de três anos para os membros do Judiciário e do Ministério Público (proibindo esses membros a atuar durante esse prazo perante os tribunais dos quais eram membros ou onde atuavam); torna da esfera federal os crimes cometidos contra os direitos humanos; e cria a súmula impeditiva de recursos para os tribunais superiores (que permitirá ao juiz julgar cada caso conforme seu entendimento, mas se a decisão for idêntica a uma súmula não será admitido recurso para tribunal superior de sua decisão).

A proposta de José Jorge, que começará a ser debatida a partir da próxima semana para entrar em fase de votação, inclui, ainda, a proibição de nomeação de parentes na jurisdição de cada tribunal ou juízo para cargos de confiança de cônjuge, companheiro ou parente até o segundo grau. O senador evitou estender a proibição de nepotismo aos demais poderes por entender que o objetivo da emenda se restringe à reforma do Poder Judiciário.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
06:50
Loterias
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)