Cassilândia, Quarta-feira, 26 de Abril de 2017

Últimas Notícias

16/03/2004 09:52

Adesão total à greve entrava liberação de cargas

Lúcia Nórcio/ABr

A greve dos fiscais federais agropecuários teve adesão total no Paraná. O Estado tem 219 agentes em aeroportos, fronteiras, portos, escritórios e inspeção. A paralisação, iniciada ontem, está complicando a liberação de cargas na estação aduaneira em Foz do Iguaçu. Caminhões que dependem do trabalho dos fiscais para levar produtos ao Paraguai não estão conseguindo atravessar a fronteira. Na Ceasa, os fiscais realizam operação padrão todos os caminhões são descarregados para vistoria.

O gerente da Central de Abastecimento em Foz, Waldinei dos Santos acredita que a greve deve atrapalhar a exportação de mercadorias e causar prejuízos, com 50% dos produtos deixando de ser comercializados. Com a lentidão na liberação das cargas pelos fiscais do Ministério da Agricultura, as hortaliças vão parar de ser colhidas nas lavouras.

Sem sair do campo e com a colheita atrasada, as mercadorias se deterioram e não servem mais para a comercialização, como é o caso do mamão, melão e do abacaxi. Segundo Bonfim, como os produtores vão parar de colher, pode faltar mercadoria nos próximos dias.

O presidente da Associação dos Comerciantes da Ceasa, Sidnei Bonfim, assinalou que o trabalho dos fiscais é indispensável pois o Paraguai não aceita mercadorias sem laudo fitossanitário

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 25 de Abril de 2017
Segunda, 24 de Abril de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)