Cassilândia, Segunda-feira, 26 de Junho de 2017

Últimas Notícias

03/02/2005 14:15

Adesão a acordo salarial na PM já é de 83%, diz governo

Campo Grande News

O secretário estadual de Gestão, Ronaldo Franco, informou há pouco que a adesão ao acordo salarial proposto pelo governo à Polícia Militar e Corpo de Bombeiro já tem adesão de 83% da categoria. Entre os PMs, o número é de 77% e nos bombeiros chega a 92%.
A adesão pode ocorrer em qualquer momento, explica o secretário para acrescentar que não haverá prorrogação de prazo, mas que o esforço será para atender, preferencialmente, aqueles que assinaram o termo até 31 de janeiro. Para eles, segundo Franco, o governo vai pagar em 10 de março, incluído no salário de fevereiro.
Para que o acordo tenha validade, o termo precisa ser homologado pela Justiça. Pelo documento, os militares desistem de ação judicial que pede a inclusão no salário de gratificações. O governo decidiu atender a reivindicação em parte. Paga as gratificações a partir de agora e os militares abrem mão dos atrasados.
A inclusão será feita gradativamente até janeiro de 2006. A conta para o governo será de R$ 7 milhões na folha que hoje chega em torno dos R$ 10 milhões de salários para Polícia Militar e Corpo de Bombeiros.
A diferença entre os números da associação da Polícia Militar, que fala que só 50% da categoria aderiram ao acordo, e do governo, segundo Ronaldo Franco, está no fato de que nem todos os militares são filiados a entidade. “O número, que eles divulgam, deve ser em relação aos associados”, imagina o secretário.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 26 de Junho de 2017
Domingo, 25 de Junho de 2017
15:50
Cassilândia
Sábado, 24 de Junho de 2017
23:07
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)