Cassilândia, Terça-feira, 22 de Maio de 2018

Últimas Notícias

24/11/2006 05:09

Ademar diz não haver razões para queda do preço do gado

Fabiane Sato

Xom as especulações sobre a desistência da Rússia em alguns negócios com o mercado pecuário brasileiro, o preço da arroba da carne já caiu cerca de R$ 8 em todo o País. Para o presidente da Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul (FAMASUL), Ademar Silva Júnior, não há razão para essa queda de valores.

“Não há razões para toda essa queda no preço do boi. Isso é superexploração da informação. Não existiu nenhuma quebra de contrato e sim um caso isolado”, destaca o presidente. Ontem, a arroba estava sendo cotada a R$ 51, e na quarta-feira, dia 22, Campo Grande foi a praça com a maior baixa registrada, onde o valor médio naquele dia fechou em R$ 52, com desvalorização de 2,34% (comparado com o valor do dia 16).

Outra razão apontada pelo presidente da FAMASUL está na comercialização do rebanho sul-mato-grossense mais voltado para o mercado interno. Ele ! calcula que, pelo menos 80% do que é abatido em Mato Grosso do Sul vá para os consumidores brasileiros. “O boato da quebra de contrato do mercado russo não deveria afetar o Estado”, afirma.

No dia 16 de novembro, conforme os dados do Cepea, a arroba estava sendo comercializada (a vista) em Campo Grande por R$ 51,41, dia 17, o valor caiu para R$ 50,73 e dia 21 para R$ 50,30. Para Ademar as informações sobre as negociações com a Rússia são apenas para prejudicar os produtores rurais e “achatar” os valores da arroba.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 22 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Segunda, 21 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Domingo, 20 de Maio de 2018
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)