Cassilândia, Sexta-feira, 26 de Maio de 2017

Últimas Notícias

20/05/2014 07:44

Acusado de estuprar a própria filha é condenado a 12 anos de prisão

Campo Grande News

O juiz titular da 2ª Vara Criminal de Dourados, Jairo Roberto de Quadros, condenou o acusado de estuprar a própria filha a 12 anos de prisão em regime fechado. O caso aconteceu no dia 09 de março de 2013, mas só agora o homem identificado pelo Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul como L. da. S.G foi julgado pelo crime.

De acordo com a denúncia, o acusado teria estuprado a filha de 12 anos dentro de sua residência por diversas vezes. O abuso sexual acontecia sempre quando o homem chegava em casa bêbado.

A defesa de L. da. S.G chegou a pedir pela sua absolvição argumentando que não existiam provas suficientes para a condenação dele. Mas, em depoimento a Polícia, a vítima foi firme a clara ao dizer que o abuso foi cometido pelo próprio pai. A madrasta também confirmou que quando chegou em casa viu o marido embriagado e dois preservativos, um deles usado, ao lado da cama do casal.

O magistrado que condenou o acusado afirmou que a autoridade que o homem tinha em relação a menina facilitava o abuso, e que em ao invés de usar a confiança que ele tinha com a menor para estuprá-la, deveria usar para educá-la. Além disso, afirmou que o ato praticado feriu a integridade física da vítima, além da violência e coação a qual foi submetida.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 26 de Maio de 2017
Quinta, 25 de Maio de 2017
13:00
Dicas de segurança
Quarta, 24 de Maio de 2017
14:40
Cassilândia
13:00
Dicas de segurança
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)