Cassilândia, Domingo, 11 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

27/03/2008 20:10

Acusado da morte de vice-prefeito pega 13 anos

TJGO

Terminou às 21 horas de ontem (26) o julgamento de Iraí Liberato, que foi condenado a 13 anos de reclusão em regime inicialmente fechado por participação no assassinato do vice-prefeito de Anicuns, Paulo Alexandre Almeida Brito. Em sessão presidida pelo juiz Antônio Fernandes de Oliveira, os jurados do 2º Tribunal do Júri de Goiânia recusaram, por maioria de votos, a tese de negativa de participação, da defesa, e acolheram a do Ministério Público (MP), condenando-o por homicídio com duas qualificadoras: a de motivo torpe, vez que cometeu o crime mediante pagamento ou promessa de recompensa, e de uso de recurso que impossibilitou a defesa da vítima.

Também estava previsto para ontem, mas teve de ser adiado para 19 de junho, o júri de Izaías Clementino Barbosa, que na véspera da sessão ajuizou petição informando que havia constituído novo advogado, que por sua vez não conhecia os autos e portanto não poderia fazer sua defesa no dia seguinte. Ressalvando ter percebido que esta foi uma estratégia de Izaías para se livrar do júri, o magistrado remarcou o julgamento.

Foram também acusados pelo mesmo crime os irmãos Francisco Alves Neto, o Chico Buzina, e Valto Francisco Vieira, bem como o pistoleiro Joseano Batista dos Santos, todos julgados e condenados, enquanto Valtuir Francisco Vieira foi impronunciado em junho do ano passado por Antônio Fernandes, em sentença sob o entendimento de que não existem indícios concretos de sua participação no fato.

Inconformado com a sentença, o Ministério Público (MP) interpôs recurso. Por unanimidade de votos, a 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJ-GO) seguiu voto do relator, desembargador Charife Oscar Abrão, e manteve a sentença. Não há previsão para o julgamento de José Tarcísio dos Santos, também acusado de envolvimento no crime mas foragido. Paulo Brito foi assassinado em 8 de janeiro de 1998, por volta das 21 horas, em frente à sua residência, no Setor Oeste. (Patrícia Papini

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)