Cassilândia, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

24/03/2010 17:09

Acrissul ameaça cancelar shows se cobrança for vetada

Rádio Caçula

A Acrissul (Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul) está ameaçando cancelar os shows da 72ª Expogrande, caso a Justiça aceite o pedido de suspensão da cobrança de ingresso, feito pelo MPF (Ministério Público Federal).

Hoje, o presidente da Acrissul, Francisco Maia, afirmou que a insistência do Ministério Público Federal em suspender a cobrança de ingressos pode acabar levando a associação a cancelar os shows. Segundo Maia, essa decisão seria para “a segurança pública no Parque de Exposições Laucídio Coelho e em suas imediações”.

A feira ainda prevê cinco shows, alguns deles com grande potencial de público, como Luan Santana e Bruno e Marrone. "Só para o show do cantor Luan Santana espera-se um público de 60 mil pessoas. Milhares de ingressos já foram vendidos, uma decisão judicial impensada, sem avaliar a situação social numa amplitude racional pode causar um grande transtorno para todos", afirmou Chico Maia. Para o show de Bruno e Marrone é esperado um público semelhante.

A alegação do MPF é que a Acrissul recebeu R$ 1,010 milhão do Ministério do Turismo para a realização do evento e que destinou cerca de R$ 600 para os shows, o que dispensaria a necessidade de cobrar pelas apresentações.

O pedido foi negado pela Justiça Federal no Estado, mas o MPF recorreu da decisão, ao TRF 3 (Tribunal Regional da 3ª Região), sediado em São Paulo, e aguarda a resposta do recurso.

Segundo a Acrissul, dezenas de caravanas estão se preparando para vir aos shows, do interior e até de outros estados. "Seria lamentável, por exemplo, ter de suspender o show do cantor campo-grandense Luan Santana, que despontou no cenário nacional e vai atrair milhares de jovens para o Parque de Exposições",argumenta o presidente da entidade.

Chico Maia garante que uma decisão pela suspensão dos shows seria para garantir a segurança dos estandes e dos expositores da Expogrande. Não foi citado como seria feito em relação ao contrato com os artistas já contratados, que normalmente exige algum tipo de multa entre as partes no caso de não realização dos eventos.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)