Cassilândia, Sexta-feira, 24 de Maio de 2019

Últimas Notícias

25/02/2019 10:20

Acordo quer alavancar investimentos na região Centro-Oeste MS

Correio do Estado

A Superintendência do Desenvolvimento do Centro-Oeste (Sudeco) firmou um Protocolo de Intenções com a Geoterra a fim de promover investimentos para o desenvolvimento socioeconômico do Distrito Federal e dos Estados de Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.

O ato foi assinado entre o superintendente da Sudeco, Marcos Derzi, e o gestor de investimentos da Geoterra, Paulo de Tarso Carlos, na semana passada, em Brasília.

De acordo com o superintendente do Desenvolvimento do Centro-Oeste “a Geoterra quer explorar as Zonas de Processamento de Exportação (ZPE) do Centro-Oeste com a instalação de empresas dos setores agroindustriais, infraestrutura e logística voltadas para a produção de exportação do livre comércio com o exterior”. Uma das empresas interessadas em investir no Brasil é a Harbin Eletric Machinery Company Limited.

A finalidade das ZPE são: atrair investimentos estrangeiros; geração de emprego e renda; reduzir desequilíbrios regionais; fortalecer a balança de pagamentos; promover a difusão tecnológica; aumentar a competitividade das exportações brasileiras e; promover o desenvolvimento econômico e social do país.

Isso viabiliza a implantação de projetos agroindustriais nas áreas de desenvolvimento, industrialização, estocagem refrigerada de alimentos e armazenagem de grãos para serem exportados.

“Nos últimos anos fizemos parcerias para desenvolver projetos na China e no Brasil. Queremos dar todo o suporte técnico e financeiro para contribuir no desenvolvimento dos estados”, garante o vice-presidente da Harbin Eletric, Liu Yuqiang.

O texto do Protocolo de Intenções prevê que a Sudeco deve: colaborar com informações socioeconômicas, ambientais e de aptidões agropecuárias - safras de grãos e produção animal - demonstrando a projeção de crescimento e a mensuração das áreas de cultivo e de pastagem com aptidão para expansão agrícola e; dar publicidade à carteira de investimentos dos partícipes, para que o mercado se manifeste quanto ao interesse em realizar o mesmo tipo de investimento.

Em contrapartida, caberá a Geoterra: prestar todas as informações disponíveis para o andamento do Protocolo de Intenções; participar de eventos em conjunto; envidar esforços para execução de projetos com os melhores padrões de qualidade; disponibilizar equipes técnicas para a execução do protocolo; criar uma carteira de investimentos e; monitorar, avaliar e divulgar os resultados das atividades a serem realizadas.

Segundo Paulo de Tarso Carlos “já foi feito um estudo de viabilidade econômica. Os investimentos da Geoterra têm participação estrangeira da China, Rússia, Bielorrússia e Alemanha. 85% do financiamento vem de fora”.

A Geoterra deve promover investimento de recursos na ZPE de Mato Grosso para viabilização de projetos, suprir a demanda de matérias primas das indústrias instaladas nas áreas de avicultura, armazenagem em silos, reflorestamento, agricultura e confinamento.

Além disso, deve aplicar investimento com aporte financeiro para atender a demanda de máquinas, equipamentos e áreas para agricultura, pecuária e reflorestamento. Em Goiás também será implantado projetos agroindustriais.

Inicialmente, existe um planejamento da Geoterra para atender municípios de Mato Grosso do Sul para a integração da Linha Ferroviária Norte-Sul. O complexo industrial apresentado pela empresa na Manifestação de Interesse Privado (MIP) para o Distrito Federal prevê: processadora de soja; produção de biodiesel; processamento de etanol de milho; abatedouro de aves e; abatedouro de bovinos. Há ainda a intenção de geração de energia por meio de 178 Pequenas Centrais Hidroelétricas (PCHs), sendo 90 para o Goiás, 67 para Mato Grosso e 21 para Mato Grosso do Sul.

Marcos Derzi esclarece que “o Protocolo de Intenções não implica em repasse e transferência de recursos. Os investimentos são de responsabilidade exclusiva da Geoterra”.

O encontro contou com a participação do diretor de Planejamento e Avaliação da Sudeco, Roberto Postiglione; da coordenadora-Geral de Fundos e Promoção de Investimentos da Diretoria de Implementação de Programação e de Gestão de Fundos (DIPGF) da Sudeco, Luciana de Sousa Barros; do governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja; do secretário de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar de Mato Grosso do Sul, Jaime Verruck; dos deputados estaduais de Mato Grosso do Sul, Coronel David e Eduardo Rocha; do deputado federal Beto Pereira; secretário de Estado de Governo e Gestão Estratégica (Segov/MS), Eduardo Corrêa Riedel; do secretário especial de Relações Institucionais e Assuntos Estratégicos de Mato Grosso do Sul, Pedro Chaves; do secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico de Mato Grosso, César Miranda; da deputada federal de Goiás, Flávia Moraes; do secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico e Inovação (SED/GO), Adriano da Rocha Lima; presidente do Instituto Nacional de Tecnologia Do Agronegócio, Everardo Lucena; representantes do Consórcio Brasil Central e; comitiva de investidores chineses.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 24 de Maio de 2019
10:00
Receita do Dia
07:20
Atenção motoristas e ciclistas
Quinta, 23 de Maio de 2019
22:00
Loterias
21:45
Loterias
21:42
Loterias
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)