Cassilândia, Segunda-feira, 27 de Maio de 2019

Últimas Notícias

07/02/2019 10:40

Acordo deve conduzir Simone Tebet à presidência da CCJ

Correio do Estado

 

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, confirmou nesta quarta-feira (6) em Plenário que a definição sobre as presidências das comissões permanentes, a serem distribuídas entre os partidos políticos, deve ocorrer na próxima terça-feira (12). No entanto, ele antecipou que já há acordo encaminhado para que a Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) seja presidida pelo MDB, com indicação provável da senadora Simone Tebet (MDB-MS).

O parlamentar disse que “praticamente todas as comissões temáticas já estão definidas”. Em discurso após a eleição da nova Mesa, Alcolumbre destacou que “o diálogo e o entendimento” foram decisivos para a divisão dos postos de comando na Casa.

A definição sobre as presidências das comissões permanentes, a serem distribuídas entre os partidos políticos, deve ocorrer na próxima terça-feira (12). Além do acordo que deve conduzir Simone à presidência da CCJ, também há consenso para que a Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) seja comandada pelo PSD, com o senador Omar Aziz (PSD-AM).

MESA

O Senado completou hoje a sua Mesa, com a eleição dos demais cargos que ainda estavam pendentes após a eleição do presidente da Casa. A primeira-vice-presidência permanece com o PSDB e será exercida pelo senador Antonio Anastasia (MG). O segundo-vice-presidente será o senador Lasier Martins (Pode-RS), que se transferiu para a legenda nos últimos dias e recebeu a indicação.

Segunda maior bancada da Casa, o PSD (9 senadores) se encarregará da Primeira-Secretaria, com o senador Sérgio Petecão (AC). Já a maior bancada, o MDB (13 senadores), ficará com a Segunda-Secretaria — o indicado foi o senador Eduardo Gomes (TO). É a primeira vez que nenhuma das maiores bancadas ocupa cargos de presidência ou vice-presidência.

A Terceira-Secretaria terá como titular o senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) e a Quarta, o senador Luis Carlos Heinze (PP-RS). Os quatro suplentes da Mesa serão os senadores Marcos do Val (PPS-ES), Weverton (PDT-MA), Jaques Wagner (PT-BA) e Leila Barros (PSB-DF).

"Agradeço aos líderes que construíram junto comigo a oportunidade de estarmos efetivando a eleição da Mesa na tranquilidade que o Senado exige de cada parlamentar. O diálogo e o entendimento proporcionaram isso. Com essa composição eu me sinto seguro de conduzir os trabalhos do Senado, dividindo com 11 partidos a responsabilidade de comandar os destinos dessa Casa", disse Alcolumbre.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 27 de Maio de 2019
Domingo, 26 de Maio de 2019
10:00
Receita do Dia
Sábado, 25 de Maio de 2019
11:34
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)