Cassilândia, Sexta-feira, 22 de Setembro de 2017

Últimas Notícias

14/09/2004 10:54

ACM: O presidente não pediu nada durante o jantar

Iolando Lourenço/ABr

“O presidente não pediu nada durante o jantar. O presidente conversou sobre a situação do país, conversou sobre o desejo dele de aprovar alguns projetos no Senado com a brevidade indispensável”. A afirmação é do senador Antônio Carlos Magalhães (PFL-BA), um dos participantes do encontro entre o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e sete senadores da oposição na noite de segunda-feira. O jantar, realizado na casa do ministro-chefe da Casa Civil, José Dirceu, também contou com a participação do ministro da Coordenação Política, Aldo Rebelo.

Logo após o encontro, ACM defendeu o aumento das conversas do presidente com os parlamentares. “Eu vejo esse tipo de diálogo como uma coisa indispensável para o país, porque você não pode resolver problemas com facções. Você tem que ter um diálogo permanente com o governo e ao mesmo tempo com o partido”.

Para ACM, a presença dos senadores oposicionistas no jantar não significa apoio certo ao governo. “Depende das propostas do governo. Quando nós acharmos [que as propostas] merecem o apoio, esse grupo apoiará. Se achar que não, o grupo não apoiará”. O senador disse que o grupo não saiu do jantar mais ou menos governista. “Ele sai igual porque as reformas da previdência e tributária, esse grupo votou a favor do governo e as parecidas com essas vamos votar também. Agora, outras que não mereçam nosso apoio nós não vamos votar”. Para ACM, no entanto, há "muita coisa boa no governo."

O senador também rebateu as críticas de dirigentes do PFL que teriam considerado o convite como provocação. “Não é provocação nenhuma. Todas as pessoas dialogam. Quantas já foram ao Palácio da Alvorada? Quantos já conversaram com o ministro Palocci? Então acho que não há nada de novo, mas também há boa vontade de ajudar as coisas boas do governo. O sectarismo é sempre desagradável”, observou.

Participaram do jantar os três senadores pefelistas da Bahia – Antônio Carlos Magalhães, César Borges e Rodolfo Tourinho, os maranhenses Roseana Sarney e Edson Lobão e o tocantinense João Ribeiro. Também participou do jantar o senador Eduardo Siqueira Campos(PSDB-TO). O senadores do PFL Paulo Otávio(DF) e Romeu Tuma (SP), que constavam da lista de convidados, não compareceram ao jantar.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 22 de Setembro de 2017
Quinta, 21 de Setembro de 2017
10:00
Receita do dia
06:20
Libertadores da América
Quarta, 20 de Setembro de 2017
21:22
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)