Cassilândia, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

14/09/2004 10:54

ACM: O presidente não pediu nada durante o jantar

Iolando Lourenço/ABr

“O presidente não pediu nada durante o jantar. O presidente conversou sobre a situação do país, conversou sobre o desejo dele de aprovar alguns projetos no Senado com a brevidade indispensável”. A afirmação é do senador Antônio Carlos Magalhães (PFL-BA), um dos participantes do encontro entre o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e sete senadores da oposição na noite de segunda-feira. O jantar, realizado na casa do ministro-chefe da Casa Civil, José Dirceu, também contou com a participação do ministro da Coordenação Política, Aldo Rebelo.

Logo após o encontro, ACM defendeu o aumento das conversas do presidente com os parlamentares. “Eu vejo esse tipo de diálogo como uma coisa indispensável para o país, porque você não pode resolver problemas com facções. Você tem que ter um diálogo permanente com o governo e ao mesmo tempo com o partido”.

Para ACM, a presença dos senadores oposicionistas no jantar não significa apoio certo ao governo. “Depende das propostas do governo. Quando nós acharmos [que as propostas] merecem o apoio, esse grupo apoiará. Se achar que não, o grupo não apoiará”. O senador disse que o grupo não saiu do jantar mais ou menos governista. “Ele sai igual porque as reformas da previdência e tributária, esse grupo votou a favor do governo e as parecidas com essas vamos votar também. Agora, outras que não mereçam nosso apoio nós não vamos votar”. Para ACM, no entanto, há "muita coisa boa no governo."

O senador também rebateu as críticas de dirigentes do PFL que teriam considerado o convite como provocação. “Não é provocação nenhuma. Todas as pessoas dialogam. Quantas já foram ao Palácio da Alvorada? Quantos já conversaram com o ministro Palocci? Então acho que não há nada de novo, mas também há boa vontade de ajudar as coisas boas do governo. O sectarismo é sempre desagradável”, observou.

Participaram do jantar os três senadores pefelistas da Bahia – Antônio Carlos Magalhães, César Borges e Rodolfo Tourinho, os maranhenses Roseana Sarney e Edson Lobão e o tocantinense João Ribeiro. Também participou do jantar o senador Eduardo Siqueira Campos(PSDB-TO). O senadores do PFL Paulo Otávio(DF) e Romeu Tuma (SP), que constavam da lista de convidados, não compareceram ao jantar.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)