Cassilândia, Terça-feira, 22 de Maio de 2018

Últimas Notícias

21/09/2009 19:32

Acidente: É a segunda tragédia aérea na família Verdi

José Luis Lançoni, Votuporanga Tudo
O empresário Raimundo e o piloto  Darbijone Ferro(foto-O Cidadão)O CidadãoO empresário Raimundo e o piloto Darbijone Ferro(foto-O Cidadão)O Cidadão

Não é a primeira vez que a família Verdi, de Fernandópolis, vive um drama por causa de acidente aéreo. Em 29 de agosto de 1960, o piloto Milton Terra Verdi e seu cunhado Antonio Augusto Gonçalves – este, o primeiro marido de Miltis Terra Verdi, mãe de Raimundo – fizeram um pouso forçado na selva boliviana, no trajeto entre Corumbá e Santa Cruz de La Sierra.
Augusto teria morrido no dia 7 de setembro, segundo o diário que Milton Terra Verdi começou a escrever enquanto aguardava o socorro que nunca veio.
Milton morreu de inanição(sede e fome) presumivelmente entre os dias 5 e 6 de novembro de 1960. Os corpos só foram encontrados no dia 24 de dezembro daquele ano.
A história vivida pelos fernandópolenses na selva boliviana virou o livro 'O Diário da Morte' escrito por Walter Dias, que em suas páginas trascreve parte da tragédia envolvendo o piloto e seu companheiro após o acidente com o avião Cessna 140, há quase 50 anos.
No acidente de hoje (21/09) morreram o empresário Raimundo Verdi Macedo, Mirian Terra Verde e o piloto e presidente do Aeroclube de Fernandópolis, Darbijone Ferro.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 22 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Segunda, 21 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Domingo, 20 de Maio de 2018
15:18
Cassilândia/Itajá
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)