Cassilândia, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

21/09/2009 19:32

Acidente: É a segunda tragédia aérea na família Verdi

José Luis Lançoni, Votuporanga Tudo
O empresário Raimundo e o piloto  Darbijone Ferro(foto-O Cidadão)O CidadãoO empresário Raimundo e o piloto Darbijone Ferro(foto-O Cidadão)O Cidadão

Não é a primeira vez que a família Verdi, de Fernandópolis, vive um drama por causa de acidente aéreo. Em 29 de agosto de 1960, o piloto Milton Terra Verdi e seu cunhado Antonio Augusto Gonçalves – este, o primeiro marido de Miltis Terra Verdi, mãe de Raimundo – fizeram um pouso forçado na selva boliviana, no trajeto entre Corumbá e Santa Cruz de La Sierra.
Augusto teria morrido no dia 7 de setembro, segundo o diário que Milton Terra Verdi começou a escrever enquanto aguardava o socorro que nunca veio.
Milton morreu de inanição(sede e fome) presumivelmente entre os dias 5 e 6 de novembro de 1960. Os corpos só foram encontrados no dia 24 de dezembro daquele ano.
A história vivida pelos fernandópolenses na selva boliviana virou o livro 'O Diário da Morte' escrito por Walter Dias, que em suas páginas trascreve parte da tragédia envolvendo o piloto e seu companheiro após o acidente com o avião Cessna 140, há quase 50 anos.
No acidente de hoje (21/09) morreram o empresário Raimundo Verdi Macedo, Mirian Terra Verde e o piloto e presidente do Aeroclube de Fernandópolis, Darbijone Ferro.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 18 de Dezembro de 2017
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)