Cassilândia, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

17/06/2016 15:00

Ação na Justiça Federal quer anular eleição da OAB para desembargador

Campo Grande News

Uma ação na Justiça Federal pede a anulação do processo em que a OAB/MS (Ordem dos Advogados do Brasil) definiu a lista de indicados na disputa de vaga para desembargador do TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul).

De acordo com o advogado Evandro Ferreira de Viana Bandeira, a anulação foi solicitada com base em quatro irregularidades. “Entendemos que a OAB não havia decidido se a eleição do Quinto Constitucional seria através de eleição direta ou como foi feito. Enquanto não fosse discutida essa questão, o conselho não deveria deliberar”, afirma.

A ação alega que um dos candidatos ate hoje não recebeu resposta sobre o pedido de inscrição, que um conselheiro não poderia ter votado por ser sócio de um dos candidatos e que a série de problemas mostra que a votação foi espúria.

“Só o fato de um candidato ter se inscrito e não recebido resposta, só esse fato nulifica todo o processo”, diz. A ação foi protocolada em 24 de maio e a Justiça ainda não decidiu sobre o pedido de liminar.

A eleição para a escolha dos integrantes da lista sêxtupla foi realizada no dia 29 de abril deste ano. Os nomes foram para o TJMS, que após análise exclui três candidatos da disputa. Após, a lista tríplice vai para o governador, a quem cabe a decisão sobre quem será o novo desembargador do tribunal.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)