Cassilândia, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

23/09/2009 10:35

Ação da PF contra traficantes busca suspeito em MS

Fernanda Mathias, Campo Grande News

A Polícia Federal desencadeou nesta manhã a Operação Satélite, com objetivo de prender 15 pessoas, uma delas em Mato Grosso do Sul. O suspeito mora em Ponta Porã e seria integrante da quadrilha, responsável pelo envio de drogas compradas no Paraguai a Maringá (PR), de acordo com a PF.

As drogas também entravam através de Guaíra (PR), na região de fronteira com o Paraguai. Além de Maringá, as drogas eram distribuídas em outras cidades da região, conforme apurou a PF durante investigação, iniciada em fevereiro.

Quando a investigação teve início tinha como alvo principal, uma pessoa que mora em Maringá, “com longo histórico de denúncias relativas à sua atividade como traficante”, cita nota. Ele é apontado como maior responsável pela aquisição e posterior distribuição de drogas – geralmente cocaína e crack – em Maringá e região, com grande patrimônio.

Durante a fase de investigação ocorreram treze flagrantes, com prisão de 21 pessoas, apreensão de três adolescentes, 14 automóveis e 03 motocicletas. Além disso, foram apreendidos aproximadamente 65,65 quilos de cocaína, tanto em forma de pasta-base quanto em forma de crack.

Os mandados por serem cumpridos são em Foz do Iguaçu (PR), Guaíra (PR), Arapongas (PR), Sarandi (PR), Cruzeiro D’Oeste (PR), Maringá (PR) e dois fora do Paraná, sendo um em São Paulo e outro em Mato Grosso do Sul.

De acordo com a PF, vários envolvidos que tiveram prisão preventiva decretada já haviam sido presos ao longo da Operação, como é o caso do traficante, alvo principal da investigação, preso pela polícia federal em Maringá em 4 de maio deste ano com 12 quilos de cocaína. Outros foram presos na manhã de hoje, em cumprimento aos mandados expedidos pela Justiça Estadual da Comarca de Maringá.

Participam da Operação Satélite, 52 policiais federais nos Estados do Paraná, Mato Grosso do Sul e São Paulo.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
06:50
Loterias
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
Quinta, 01 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)