Cassilândia, Quinta-feira, 23 de Fevereiro de 2017

Últimas Notícias

03/06/2004 11:07

Abusos em Ouro Preto levam a soluções drásticas

Marina Domingos/ABr

Na cidade mineira de Ouro Preto, apesar da lei municipal que proíbe a entrada de veículos pesados em algumas ruas e praças, a população não respeitou as regras. O choque de um caminhão com a fonte na Praça da Igreja do Pilar, uma das mais famosas da cidade, chamou a atenção do Brasil e do mundo no noticiário.

O secretário municipal de Cultura, Guilherme Pontes, ainda não pertencia à administração local, mas lembra que a rua onde o caminhão de mudanças perdeu o controle e acabou batendo na fonte já era proibida para a circulação de veículos pesados. "Mas não houve respeito por parte do motorista.”

Atualmente, a prefeitura providenciou duas pilastras de ferro que impedem a descida e subida de carros pela rua. Esta solução drástica, segundo Guilherme, pôs fim aos abusos. “Nós temos uma cidade muito visitada e procuramos dividir o fluxo de veículos e pessoas por todo o centro histórico”, argumenta ele.

Festas

Ouro Preto possui um calendário de festas extenso. Durante todo o ano, quatro datas agitam a cidade: Carnaval, 21 de abril, Festival de Inverno (julho) e a Festa do 12 (outubro). Esse ano, cerca de 120 mil pessoas brincaram nas ruelas, disputando espaço com os tradicionais blocos de carnaval. “Nossa solução foi dividir o fluxo de pessoas, montando palcos alternativos em quatro, cinco pontos diferentes da cidade para evitar tumulto”, disse ele.

Em época de festas o Departamento de Trânsito da Prefeitura é o responsável pela fiscalização dos carros e pedestres. Caminhões com até seis metros de comprimento são permitidos nas principais praças e ruas mais largas, onde também passam micro-ônibus. Nas ruas estreitas e de aclive, os veículos pesados estão proibidos e em algumas áreas do entorno da cidade, nem mesmo o trânsito de carretas e caminhões de três eixos é aberto.

“É importante os moradores saberem que vivem numa cidade com característica de monumento histórico habitado. E preservarem um patrimônio que não é só deles: é de Ouro Preto e de toda humanidade”, completou.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 23 de Fevereiro de 2017
Quarta, 22 de Fevereiro de 2017
13:30
Cassilândia
10:00
Receita do dia
Terça, 21 de Fevereiro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)