Cassilândia, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

04/11/2005 12:58

Abates de novilho precoce caem drasticamente em MS

Fernanda Mathias / Campo Grande News

Com o embargo à carne com osso de Mato Grosso do Sul ainda em vigor no Estado de São Paulo, produtores de novilho precoce de Mato Grosso do Sul tiveram redução drástica do abate de bois, que estava na casa dos 6 mil animais ao mês para menos de 500, segundo o presidente da Associação Sul-mato-grossense dos Criadores de Novilho Precoce, Ezequiel Dias do Valle.
O parceiro do programa, que é o grupo Carrefour, está hoje se abastecendo com carne de Goiás e do Mato Grosso. Ezequiel explica que os supermercados têm por tradição a desossa dos animais nos estabelecimentos e por isso o grupo não está comprando do Estado, desde o embargo de São Paulo à carne de Mato Grosso do Sul. Enquanto a situação não se resolve, os criadores pretendem negociar com uma rede o envio de carnes desossadas e tem feito alguns abates, em quantidade pequena, no Friboi em Mato Grosso do Sul. São 180 criadores de novilho precoce no Estado, a maior parte deles está a 300 quilômetros de Campo Grande, em municípios como Maracaju.
Hoje o secretário de Defesa Agropecuária do Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento), Gabriel Maciel, disse que São Paulo deve permitir a entrada de animais a partir de segunda-feira, cumprindo assim a IN (Instrução Normativa) de nº 34, que diz que não há restrições para trânsito de animais suscetíveis à febre aftosa de Mato Grosso do Sul para outros Estados, com exceção dos que estão nos cinco municípios interditados.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 18 de Dezembro de 2017
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)