Cassilândia, Domingo, 28 de Maio de 2017

Últimas Notícias

11/06/2007 14:41

Abate de precoce soma repasse de R$ 1,6 mi a pecuaristas

Cristiane Sandin - Portal do Governo

A produção de carne com qualidade e, principalmente, preço diferenciado tem atraído pecuaristas de todo o Estado. Com um plus significativo por animal, o Programa Novilho Precoce repassou nos quatro primeiros meses do ano R$ 1.669.331,13 em incentivo as 3.386 propriedades credenciadas. Comparado a igual período do ano passado, o crescimento é de 18,4%.

Conforme os dados da Superintendência de Agricultura e Pecuária da Secretaria de Desenvolvimento Agrário, da Produção, da Indústria, do Comércio e do Turismo (Seprotur), dos 108.160 bovinos abatidos até o mês de abril, nos oito frigoríficos credenciados no Estado, 85.646 foram classificados como precoce de acordo com a tipificação de carcaça.

Para o superintendente de agropecuária da Seprotur, João Carlos Krug, o índice de eficiência de 20,8% mostra que boa parte dos pecuaristas vem aumentando o desfrute dos animais. “A redução da idade de abate e a suplementação alimentar faz com que haja, cada vez mais, um aumento no desfrute e com isso um maior giro do rebanho na propriedade, aumentando também o faturamento. Temos um grande rebanho, e de ótima qualidade, mas se comparado aos EUA e Austrália, por exemplo, o desfrute ainda é baixo. Com investimentos em manejo, genética e melhor alimentação, podemos aumentar esse desfrute oferecendo mais carne e de melhor qualidade”, ressalta krug.

Entre os bovinos classificados até o mês de abril, o maior índice é de machos com 70.618 abates. Nesse caso, os animais chegaram a atingir um peso médio de 17,51 arrobas com incentivos médios de R$ 20,14 por cabeça, um repasse de R$ 1,4 milhão. Já as fêmeas representaram 21,3% dos classificados. Com uma média de peso de 13,83 arrobas e um incentivo médio de R$ 16,26 por cabeça, um total de R$ 247,2 mil em incentivo.

Ainda com base no desempenho do programa, a maior parcela dos animais abatidos foram classificados na categoria dois dentes (permanentes), ou seja, obtiveram como incentivo uma redução de 50% do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) vigente, somando repasse de R$ 763,2 mil. Na seqüência, ficaram as categorias quatro dentes (permanentes), com R$ 550,1 mil e dente-de-leite (sem nenhuma queda), com R$ 225,6 mil.

Os pecuaristas que ainda não fazem parte desse grupo, mas que estão interessados em participar do programa, podem obter mais informações no site www.seprotur.ms.gov.br ou pelo telefone (67) 3318-5014.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 28 de Maio de 2017
Sábado, 27 de Maio de 2017
10:00
Receita do Dia
Sexta, 26 de Maio de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)